iPad – 16 aplicações para ajudar crianças com deficiência [Parte I]


Destaques PPLWARE

27 Respostas

  1. Abílio says:

    Bom ideia para um artigo e bom artigo.

  2. Fernando Damião says:

    Bom artigo, porque é bom dar a conhecer o que existe a este nível e porque por vezes o desconhecimento faz com que não se potencie o desenvolvimento cognitivo, o treino cognitivo das pessoas com deficiência e/ou incapacidade.

    Trabalho 7h por dia, 5 dias por semana com pessoas que se enquadram nesta temática. Assim as ajudas técnicas ao nível dos equipamentos e do software reveste-se de grande importância para alguns dos meus formandos.

    A única crítica que tenho apontar e que é a mesma que faço a outro tipo de equipamentos que visam facilitar e garantir as acessibilidades a este público está relacionado com os preços praticados. Os produtos Apple não são acessíveis a todos e as aplicações acabam também elas por ter um preço proibitivo. Acho que este tipo de público merecia maior consideração e não desmerecendo os programadores que fazem estas aplicações e que tal como qualquer um de nós necessita ganhar a vida, penso que as aplicações relacionadas com a acessibilidade, com a facilitação na comunicação etc. devia ser “pro bono” ou seja gratuita!
    Se se fala em deficiência ou incapacidade os preços disparam de imediato! Pode-se ganhar a vida com este negócio sem contudo ser explorador da “desgraça” dos outros!!

    • Marisa Pinto says:

      Tens razão, e vejo isso muito quando há aqueles pedido de ajuda para cadeiras de rodas adaptadas… é um montante muito alto que, à partida as familias não têm como pagar e para alem de todos os problemas adjacentes à problemática da criança/adulto, ainda têm que depois fazer peditórios para algo que deveria estar assegurado, digo eu.

      No entanto, e referindo-me agora ao iPad, há ali muitas aplicações gratuitas também, e muitas outras podem ser encontradas para Android ou outro SO considerado mais barato que iOS.

      Apesar de tudo, e tendo em consideração os preços da Apple, acho que se trata mais de um investimento para a vida uma vez que podemos quase fazer qualquer coisa, e alterar e ter coisas novas etc etc.

      Existem tecnologias de comunicação aumentativas, como ja aqui falei do MyTobii, mas que depois de se ter não há updates, não há outras coisas para alem disso.

      E esta já é uma tecnologia MUITO BOA que ajuda várias crianças e adultos.
      Mas agora imagina o que é teres aplicações como esta ferramenta e muitas outras, num só tablet que não chega a ter metade de preço.

      • Tiago S. says:

        Concordo plenamente.
        E no caso do Ipad também é de salientar as ferramentas de acessibilidade que vem de forma nativa no ios.
        Falando de acessibilidade para a deficiência visual, que é a que tenho, é reconfortante poder tirar um Ipad da caixa e começar logo a mexer nele com total autonomia, sem necessitar do auxilio de um olho amigo para fazer as primeiras configurações, ou até mesmo instalar aplicações de terceiros para prover a devida acessibilidade.

    • Mario says:

      O Fernando disse tudo, além do preço proibitivo é preciso lembrar que vamos meter equipamentos carissimos (ipad) nas mãos de crianças que não tem a mínima noção de ter o cuidado com o respectivo equipamento, eu para já fui para android ao menos se houver algum azar sempre é metade do preço de um ipad.

  3. Ricardo Paiva says:

    Na sequência deste artigo sobre aplicações em iPad para crianças com deficiência, gostaria de sugerir 2 aplicações made in Portugal, na língua portuguesa, o que nem sempre é fácil de se arranjar.

    O público alvo não são crianças com deficiências, em particular, mas sim toda e qualquer criança.

    As aplicações chamam-se Jogo das Palavras e Palavras Relacionadas e pode ser feito o download nos links:
    http://itunes.apple.com/pt/app/jogo-das-palavras/id506153552

    https://itunes.apple.com/pt/app/palavras-relacionadas/id536924570?mt=8

    Caso tenham alguma sugestão de funcionalidade para disponibilizar nestas ou numa nova aplicação, estejam à vontade para me contactar pelo email rpaiva.developer@gmail.com

    Para a pplware, continuação do bom trabalho que têm vindo e vão certamente continuar a fazer.

    • Marisa Pinto says:

      Obrigada Ricardo!
      Irei explorar essas aplicações assim que possível! 😉

    • Ricardo Sarmento says:

      Eu já usei o Jogo das Palavras com um menino com dificuldade de aprendizagem e posso garantir que foi maravilhoso ver o menino.

      Vale muito a pena.

      Parabéns Ricardo Paiva

      • Ricardo Paiva says:

        Caro Ricardo,

        É com enorme satisfação que leio essas palavras e que vejo que a minha aplicação se encontra já “espalhada” por Portugal, a ajudar os mais pequenos a aprender e a crescer.

    • Jorge Osório says:

      Ricardo, ando há algum tempo à procura de aplicações deste tipo mas, infelizmente a maioria é em inglês. Parabéns e obrigado por desenvolver uma aplicação em português que ajuda crianças com defeciência. Vou experimentar com a minha menina. Se me permite uma sugestão: jogos de cubos ou de construção por associação de imagens. Uma vez mais obrigado!

      • Ricardo Paiva says:

        Jorge,

        Muito obrigado pela sugestão que será devidamente avaliada.
        O desenvolvimento de apps é um hobbie uma vez que não trabalho nesta área, pelo que o tempo que me sobra não dá para muito.
        Ainda assim, certamente que em breve trarei novidades.

        Obrigado,
        Ricardo Paiva

  4. Filipe Calado says:

    Viva,
    Artigo importante. Seria também interessante algo semelhante para Android e, preferencialmente, em português.

  5. No seguimento do artigo original e do comentário do Ricardo Paiva, também gostaria de apresentar as minhas aplicações “Made in Portugal” para criança (mas desta feita para Android).
    São três jogos da mesma série, que permitem as crianças identificar sons e associa-los com imagens, sendo “avisados” do sucesso ou insucesso da sua escolha.

    https://play.google.com/store/apps/details?id=nc.gaming.animals
    https://play.google.com/store/apps/details?id=nc.gaming.transports
    https://play.google.com/store/apps/details?id=nc.gaming.instruments

    (embora o jogo assente sobre sons e imagens, está traduzido em Português, Inglês, Espanhol e Francês)

    NCarvalho

  6. Raclima23 says:

    Excelente artigo …
    tenho uma irmã com uma certa deficiência mental de modo que coloco alguns jogos no portátil dela para ajudá-la mais na sua aprendizagem…
    espero que haja tb artigos para jogos no pc para quem não tem tablet

    thanks pplware

    realmente vocês são do melhor :)

  7. Ricardo Pedro says:

    É de louvar este tipo de divulgação! Parabéns!
    Existe uma aplicação que se chama ”Grid Player” e que é mesmo muito boa, e que abrange, por ser muito versátil, ajuda vários tipos de dificuldades. Principalmente em comunicação alternativa e aumentativa, dar uma voz a quem não tem!
    Só é pena é que para usar é necessário ter uma licença do GRID 2, no entanto esta aplicação pode ser adquirida com o apoio da Fundação da PT podem conhecer um pouco melhor aqui http://fundacao.telecom.pt/Default.aspx?tabid=149

    Tenho um filho que tem paralisia cerebral e usa e abusa desta aplicação, e é graças a este tipo de tecnologia (e com muito apoio familiar e escolar)que frequenta o ensino regular. O meu filho não fala (verbalmente) e é totalmente dependente de terceiros para todas as necessidades básicas.

    A tecnologia existe, os recursos humanos também, por vezes falta a vontade de quem manda de dar pequenos passos e que podem ajudar pessoas diferentes a serem menos diferentes.

  8. Mario says:

    Obrigado pelo artigo mas como o mundo não é só IOS, deixo aqui algumas sugestões para Android, que uso com o meu filho de 4 anos que tem autismo. As aplicações em inglês convêm desligar o som e sermos nós a dizermos os nºs, objectos cores etc.

    Animal Paradise
    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.sinyee.babybus.animal&feature=search_result

    Sons de animais (neste caso é escolher a mais adequada)
    https://play.google.com/store/search?q=animal+sounds&c=apps&start=0&num=24

    Autism Xpress (igual em IOS)
    https://play.google.com/store/apps/details?id=air.com.emotion.AutismXpressLite&feature=search_result#?t=W251bGwsMSwxLDEsImFpci5jb20uZW1vdGlvbi5BdXRpc21YcHJlc3NMaXRlIl0.

    Baby Learn (colecção recomendada)
    https://play.google.com/store/apps/developer?id=Baby+Bus

    Car Memo (desenvolvimento de memória, tb há de animais do mesmo editor)
    https://play.google.com/store/apps/details?id=biz.zeec.findpairs.vehicles&feature=search_result#?t=W251bGwsMSwxLDEsImJpei56ZWVjLmZpbmRwYWlycy52ZWhpY2xlcyJd

    Fala Facil (pena ser em português do Brasil)
    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.benitez.DiegoDiz&feature=search_result#?t=W251bGwsMSwxLDEsImNvbS5iZW5pdGV6LkRpZWdvRGl6Il0.

    Kids animals (muito gira, versão lite)
    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.nightboost.kids.animals.lite&feature=search_result#?t=W251bGwsMSwxLDEsImNvbS5uaWdodGJvb3N0LmtpZHMuYW5pbWFscy5saXRlIl0.

    Kids Connect the Dots
    https://play.google.com/store/apps/details?id=zok.android.dots&feature=search_result#?t=W251bGwsMSwxLDEsInpvay5hbmRyb2lkLmRvdHMiXQ..

    Kids Puzzle (como os de puzzles de preenchimento em madeira)
    https://play.google.com/store/apps/developer?id=SunGround+Co.,+Ltd.

    My Baby (mais uma colecção recomendada, piano, bateria, rebentar balões, fogo de artificio, etc)
    https://play.google.com/store/apps/developer?id=DOKDOAPPS

    Deste editor a não perder (show me numbers, show me letters e show me colors)
    https://play.google.com/store/apps/developer?id=WebTeam+Corporation

    Antes de optar pelo android pesquisei bastante pelos dois sistemas operativos, o software que realmente me interessava para IOS custava 190$, mais o valor do Ipad, acabei por optar pelo android, comprei um tablet samsung e não estou arrependido, mesmo para quem tenha problemas financeiros tem tablets mais acessiveis para Android.

    O Ricardo Pedro, devia dizer que o grid player é gratuito e vêm com algumas tabelas, mas depois o software para criar as novas tabelas Grid 2 custa 600€, mas já era bom que fizessem o player para android.

    Faço aqui um apelo aos “developers” portugueses, é necessário uma aplicação para Android tipo o Grid ou esta
    https://itunes.apple.com/us/app/proloquo2go/id308368164?mt=8
    mas claro dentro de um preço razoável.

    Marisa desculpe a intromissão. 😉

    • Marisa Pinto says:

      Ora essa, fez muito bem!
      obrigada por todas essas informações, pois aplicações para autismo era também um artigo que já tinha pensado fazer.
      estou a ver que já tenho aqui muito bom material!

      Obrigada! 😉

      cumprimentos

    • Bruno says:

      Muito obrigado Mário. Muito útil.
      Pena algumas destas aplicações não terem versão portuguesa, mas mesmo assim, muito bom.

      • Mario says:

        Bruno,por um lado é bom porque nos obriga a “trabalhar” com a criança e a criar um relacionamento maior, coisa que com o autismo é muito bem vindo, a partilha o pedido de ajuda é sempre um passo em frente, mas compreendo que em certas alturas (dias) era melhor para os dois.

    • Diogo Ferreira says:

      Caro Mario,

      Veja este link, faz o mesmo que o grid e mais barato.
      http://www.imagina.pt/produtos/software/comunicar-com-simbolos/

      • Mario says:

        Obrigado Diogo, mas a mim o que me interessava mesmo era uma aplicação assim mas para a Android, como o GRID tem o Grid Player para IOS.

        Nesta fase vou usar os simbolos e juntar videos da criança aos simbolos,a fazer as tarefas pretendidas, ele ao abrir a galeria de videos irá escolher a tarefa que quer executar, vai dar bastante trabalho, mas as crianças merecem todo o trabalho possivel que se possa ter com elas.
        Cumprimentos
        Mario

  9. Bruno says:

    Muitos parabéns pelo artigo.
    Aguardo com expectativa a parte 2.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.