Intel – Atom com 2 núcleos para Netbooks

Por Mokoto para o PPLWARE

A Intel já tinha prometido na Computex um novo processador Atom. Na segunda-feira, a Intel anunciou o Atom N550, que permite correr aplicações em dois cores (núcleos) físicos, num total de 4 threads, duas threads por core, sendo assim mais eficaz do que os processadores da primeira geração. Segundo responsáveis da companhia de Santa Clara  e fabricantes, com o Atom N550 é possível ter um ganho até 20% de performance, bem como um aumento de autonomia a nível da bateria (cerca de 25 minutos).

intel_02

Este novo CPU com dois núcleos, foi fabricado utilizando-se a tecnologia de 45nm, e funciona a uma frequência de 1.5Ghz com 1MB de cache, possuindo TDP (Thermal Design Power) de 8.5 Watts. Outras informações relevantes é que o novo processador dará suporte para memórias RAM DDR3.

Em teoria parece mais um CPU interessante low profile da Intel, que poderá dar mais sentido à mobilidade que nos dias de hoje é fundamental, mas até lá é esperar por testes concretos que mostrem o que vale.

intel_00

Pois bem, este processador estava prometido para 2011, mas a empresa teve de se apressar, pois a sua arqui-inimiga de Sunnyvale – AMD, já está a aparecer no mercado dos netbooks com processamento Dual-Core.

Segundo a  Intel “até ao momento, chegarão ao mercado cerca de 70 milhões de processadores ATOM”. É esperado que os novos netbooks, com processadores dual da Intel, cheguem ao mercado ainda em Setembro deste ano de 2010. O novo processador estará disponível em netbooks da Acer, Asus, Fujitsu, Lenovo, LG, Samsung, MSI e Toshiba

Homepage: Intel Press Release





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


24 Comentários

  1. Apenas 2 reparos (nada de grave ;-) ):
    – “…duas threads por cor…” -> “…duas threads por core…”
    – “… nível da bateria bateria (cerca de 25 minutos).” -> “… nível da bateria (cerca de 25 minutos).”

  2. Seria bom é se desse para trocar em netbooks anteriores (como os da ASUS eePC). Vamos a ver o que dali sai!

  3. Já não era sem tempo arranjarem solução para a “gula” dos processadores móveis… Continuem!

  4. OFF-TOPIC

    Já saiu a Beta 4 do Firefox 4 com suporte a aceleração D2D… segundo testes que realizei, é o Internet Explorer 9 Platform Preview, só que com a possibilidade de navegar =D

    Está mesmo brutal, acompanha perfeitamente a performance do IE9 PP, com praticamente os mesmos FPS. Se ao menos não bloqueasse o PC todo quando está a abrir.. até ficava predefinido como browser principal… enfim.. 3.6 ftw…

    Nota: É preciso activar o rendering d2d manualmente.

  5. Boas noites pessoal:

    acho que é interessante explicar os seguintes pontos:
    -um netbook não é para correr grandes aplicações, eu a nível pessoal tem um netbook e tenho aplicações CAD, claro que não uso para trabalhar apenas para abrir um desenho, fazer uma pequena alteração, etc.
    – Ainda em relação a estes tipo de processador Atom, eu tenho um montado no meu servidor domestico (Windows Home Server V2) e ele comporta-se lindamente, económico a nível de consumo, visto estar ligado 24h/dia, e eficiente manter serviços como utorrent, emule, samba, backup de todas as maquinas da rede, etc….

    Temos é de adequar a solução a medida da necessidade.

    Cumps
    shadow_of_god

    • Comprei para a minha esposa um netbook com o Aton N450 com o Windows 7 e 2Gb de Ram. Instalei o AutoCAD 2010 só para ver se ele dava conta do recado. Fiquei muito surpreso ao ver a máquina abrindo o programa sem engasgar. Acredito que com este novo processador será uma boa opção os netbooks para quem deseja utiliza-los além de acessar a Internet e ler e-mails

  6. Eu só lamento uma coisa, os netbooks são aplicados preferencialmente à web, porem vídeos HD (780p) online ficam truncados. Já se forem baixados no hard disk, rodam perfeitamente, mas eu não queria baixá-los…

  7. vamos ver uma coisa, este cpu é para netbooks, no entanto com a massificação de conteúdos multimédia é normal que tenha de ser no mínimo rápido para conteúdos HD

    • Com a tendencia para a qual o mercado esta a convergir, no sentido de termos todas as aplicações e conteúdos remotos, cada dia que passa começa a fazer menos sentido termos de ter fisicamente em casa máquinas que consigam suportar e dar a melhor resposta a diversas aplicações. Vamos poder estar a trabalhar em office sem sequer ter o mesmo instalado localmente na máquina, e o mesmo irá acontecer com outro tipo de aplicações.

      É claro que este tipo de processadores serão mais do que suficientes para muitos dos “comuns” desde que a resposta aos conteúdos solicitados seja agradável.

      A preocupação dos conteúdos multimédia, tal como referiste, deve ser um factor a ter em conta, contudo acho que um dos grandes problemas passa mais pela ligação que tens em casa do que na própria resposta que estes processadores ja te podem dar.
      Digamos que ainda nao somos bem comos os chinocas que têm ligações GB em ambientes residenciais enquanto aqui andamos, genericamente falando, com ligações a 12MB ou inferiores (e que na realidade nunca os operadores fornecem essas taxas de bébito contractadas).

      • certo é um ponto válido, no entanto de que te servia uma boa ligação se o teu cpu ou ate mesmo o sistema todo não tem capacidade de reprodução de conteúdos multimédia?
        Nos dias de hoje acho que esta parte é irrelevante, pois o que conta mesmo é a mobilidade e não estar dependente da Srª dona tomada de electricidade

        • Parte das limitações existentes entre a ligação de diverso hardware encontra-se associado à própria ligação existente. É como termos um ferrari para ir andar com ele numa estrada cheia de buracos. O carro poder dar 300km/h mas andas a 50km/h porque nao podes dar mais (a nao ser que o queiras danificar todo lol).

          Eu tenho um reprodutor multimédia de HD em casa, equivalente a pouco mais que um Atom deste género, que vai ler os conteúdos a um NAS e as dificuldades de reprodução estao apenas limitadas ao débito que consigo ter da minha rede local.

          Tens razão quando dizes que vale pelo conjunto todo, mas continuo a achar que a ligação que o utilizador comum tem em casa vai ser o limitador principal nestes conteúdos, até pelos motivos que te apresentei em cima e da experiência que tenho.

          De que nos serve ter o ferrari dos portáteis com uma ligação E2E da treta.

      • Não são chinocas… são Japoneses e Coreanos os chincas cuitados :)

  8. mokoto, és o maior pah eheheh

    • looooooooooool
      obrigado Jenny se quiseres depois te explico isto.

      malta e conteúdos em BR a 1080p conseguem?
      é que ver filmes no youtube a 1080p ate o meu celeron consegue

    • Ouvi dizer que tú é que poderias publicar uns bons artigos aqui para a malta, tenho ouvido falar bem de ti…. :)

      Pode ser que o Mokoto te incentive a lançar uns artigos porreiros para a malta.

  9. Asus 1201n já tem um dual core N330 provavelmente um “beta” do N550 e com o SHE (super hybrid engine) activo é possivel atingir O’clocks de 1.8 ghz estáveis, no meu fiquei por aí mas li noutros fóruns utilizadores a puxar as suas maquinas até 2.0ghz ^_^

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.