Ahoy! – Desbloqueia todos os sites bloqueados em Portugal

Por Henrique Mouta para Pplware.com

Destaques PPLWARE

111 Respostas

  1. Sandro Garcia says:

    Ou então o Hola! que é melhor.

  2. Nuno says:

    Uso e funciona 5*! Vamos apoiar os projectos tugas 🙂

  3. David Guerreiro says:

    É mais fácil mudar os DNS…

  4. Paulo says:

    Não se entende isto tipo de bloqueio, ok é verdade não devemos ver filmes(sem os pagar), entre outra coisas, mas então a taxa de direitos de autor nos discos/pens/telemóveis etc serve para que? Visto que há isto.. Desde quando é que o site UBER é um site pirata? agora não usar o site ou ver o design do site só porque sim?
    Quem nunca cometeu um crime em direitos de autor? Que atire uma pedra.. (ATENÇÃO A FOTOCOPIA DE UM LIVRO E UM “Crime” DE DIREITOS DE AUTOR também).
    Agora essa tal entidade tem poder para bloquear o quiser e o que lhes der na cabeça e nós aceitamos? Desculpem lá mas não estamos na china onde não podemos usar a google entre muitas outras coisas certo?
    A pirataria é um crime, mas isto é um crime ainda maior.

    • Vítor M. says:

      Excelente o exemplo da fotocópia de um livro. Bem visto 😉

    • Henrique Mouta says:

      Boa, não me lembrei do Uber. Adicionado à lista 🙂

    • Jorge Rodrigues says:

      Não poderia concordar mais, a escumalha de gente que entende que pode bloquear um website esquece-se que neste pais a ditadura foi abolida em 25 de abril de 1974….

    • João Vicente says:

      Dizes bem paulo, segundo o censos de 2011 é o nº de alojamentos em Portugal (não deve ficar muito longe do nº de consumidores EDP ) era de 5 878 756…… arredondando para 5.000.000 de pontos EDP e todos a pagarem 2.65€ dá 13.250.000 € que esses chulos recebem TODOS OS MESES e digo isto com conhecimento de causa pois estou a par destes valores……..é que ninguem se apercebe destas verbas gigantescas……….

    • LC says:

      Isto está a ter contornos absurdos. Que eu tenha conhecimento apenas se podem bloquear sites por decisão judicial (o que não houve) e o que fiquei a saber é que uma associação qualquer pode dar ordens a fornecedores de Internet. Afinal não sei quem é mais abusador se a entidade sem poderes judiciais que “manda” ou as empresas fornecedoras de internet que em vez de exigirem uma ordem suspensiva de um Tribunal acata caninamente esta suspensão de sites prejudicando quem devia proteger: os seus clientes. Esta história dos direitos de autor recorda-me que estamos pior que o “antigamente”, é que nunca vi o meu pai ser detido pela polícia por ouvir uma cassete (com músicas de discos emprestados pelos amigos) e hoje pode-se ser penalizado por levar um CD gravado (que logicamente estes CDs seriam os herdeiros das antigas K7 que se tinham no carro). Não há dúvida que o “Big Brother” anda por aí…

    • josy says:

      crime e comercializar , apenas assistir não é, antigamente gravavamos musisas em cassetes e e filmes tambem para ver depois e ainda fazemos na box ou cd/dvd agora para uso pessoal, crime esta nos roubos que nos fazem em impostos todos os dias.

  5. bruno says:

    gostei da parte para aqueles que nao querem ter trabalho acho que esses nem deviam ter direito a usar nada….

  6. AR says:

    Pois, a taxa de direitos de autor é outra aberração. Pagar uma taxa para encher os bolsos a “autores” de quem ninguém nunca ouviu falar… E pagamos esta taxa porque os dispositivos PODEM ser usados para infrigir os direitos de autor. Se comprar um faqueiro, será que tenho de ir preso porque POSSO usar as facas para matar alguém? Tenho de pagar uma taxa sobre as sapatilhas porque posso usá-las para fugir de um assalto? Não tarda nada e estamos mesmo como a china e a coreia do norte… Enfim

  7. Alvega says:

    Pessoal, uma “forcinha” para que quem saiba desenvolva isto para Firefox…please.
    Eu conheço uma pessoa que ia agradecer…eu.

  8. James says:

    Pessoal, havia por aí um tutorial para mudar os DNS para os da google. Inclusive tinha prints dos routers da Vodafone e Meo. Penso que estava aqui no pplware, mas não tenho a certeza. Se alguém tiver o link disso agradeço, pois era bastante simples de partilhar com quem não entende muito da matéria! Obrigado!

    • Jorge Rodrigues says:

      Sim acho que havia isso…

    • bismarques says:

      Vê lá se isto ajuda?

      Como alterar os servidores de DNS no Router

      Se optar por fazer esta alteração ao nível do Router, todos os dispositivos ligados à sua rede de casa utilizarão automaticamente os novos servidores de DNS. Não sendo necessário, portanto, a confguração individual de cada um.

      MEO e Vodafone

      1-Através do seu navegador dirija-se à interface web do seu router, que deverá estar disponível no endereço IP 192.168.1.254, que deverá digitar na barra de endereços. Em alguns routers é necessário o acesso por cabo para aceder a esta. Caso lhe seja pedido login, deve proceder ao mesmo com o utilizador e password de administrador do router. Caso não saiba o login, é possível que o seu técnico o tenha escrito aquando da instalação. No caso de ser cliente MEO, o login tende a ser utilizador: Administrator e password: 3!play.

      2–No menu à esquerda dirija-se a Rede doméstica e em seguida a Interfaces.

      3-Siga para LocalNetwork.

      4-Em seguida clique em Configurar.

      5-Em Pools DHCP clique em editar na Pool LAN_private.

      6-Em DNS primário e DNS secundário, inscreva o DNS da sua escolha.

      7-Após clicar em Aplicar e reiniciar o router como indicado, estará a usar os seus novos servidores de DNS.

      Google Public DNS:

      Endereços IPv4:
      8.8.8.8
      8.8.4.4

      Endereços IPv6 5:
      2001:4860:4860::8888
      2001:4860:4860::8844

      OpenDNS

      Endereços IPv4:
      208.67.222.222 e 208.67.220.220
      2620:0:ccc::2 e 2620:0:ccd::2

      NOS

      O router ZonHub não permite a alteração dos servidores de DNS a contactar para a tradução de um dado domínio. No entanto, permite definir entradas estáticas de DNS (pares domínio -> IP) que são servidas pelo router, e que substituem as entradas dinâmicas provenientes dos servidores de DNS da NOS. Não é aconselhável que utilize este método, mas se for um utilizador experiente, deverá seguir os seguintes passos:

      1-Através do seu navegador dirija-se à interface web do seu router, que deverá estar disponível no endereço IP 192.168.1.1. Deverá efectuar login com o username: home e password: zonnet.

      2-Em seguida dirija-se à opção Serviços.

      3-Depois à opção Servidor DNS.

      4–Adicione ou remova as entradas que pretender, ficando estas instantaneamente activas.

    • cm says:

      No youtube há um video a explicar como fazer. É muito simples e funciona a 100%.

    • Redin says:

      No que diz respeito à Vodafone, nunca encontrei “as facilidades” encontradas nos routers de outras operadoras de modo a gerir as configurações em modo root Admin…
      Alguém sabe?

  9. cra2sh says:

    Só depois de ler este artigo é que percebi o porque dos sites nunca estarem bloqueados no meu PC… lol

  10. Marco says:

    basta ir aos routers e colocar os dns da google ou da opendns ou outro qualquer.

  11. luis lopes says:

    os meus sinceros agradecimentos ao rafael almeida!
    quero só declarar que acho a partilha de conteudos (stream) deve ser livre, e
    acessivel a todos.
    não há duvida que os “tuga” são os maiores.

  12. PSNCTN says:

    Windows: Torbrowser
    Android:Orbot
    Orfox

    Descomplicado e anonimo ahah

  13. Emanuel Lopes says:

    mais uma aplicação para gastar memoria no browser, o que se pode facilmente alterar o dns na placa de rede ou no router

  14. André Alves says:

    Quando um fecha abrem 10, Quando um é bloqueado, abrem 5 e criam-se maneiras de contornal bloqueios.
    Ao fecharem/bloquearem vão estar a criar mais.

  15. André Filipe says:

    É só colocar o DNS 8.8.8.8 na placa de rede e consigo aceder a qualquer site bloqueado…

  16. Mario Pereira says:

    Sites bloqueados?
    O http://ontuga.com ainda não foi bloqueado o dono diz que se for bloqueado vai por o site no ONION.. isso é possivel?

  17. Marco says:

    Uma linha puxa outra e começa a censura da internet … é isto que move os políticos e as grandes entidades …

    As associações de direitos de autor são entidades criminosas, roubam-nos todos em taxas sendo que presumem desde logo que somos todos criminosos com as palmadinhas nas costas dos partidos …

  18. .... says:

    Gostava de aceder a estes sites bloqueados mas tenho falta de conhecimento informático para alterar DNS e outras coisas que o pessoal refere por aqui. Este programa é 100 por cento seguro? É prático?

  19. sa says:

    Basta mudar o DNS para o da Google ou outro e já está!

  20. luis lopes says:

    copia “pirata”:
    – a famosa K7 com musica da radio/vinil
    – os programas TV gravados em BETA/VHS
    – já dito e bem, as fotocopias
    – será que as copias de chaves de casa contam?…
    LOL

  21. André Tiago says:

    As extensões do Chrome funcionam no Opera

    • Fernando says:

      Acho que não no texto diz

      Existe plugin para Firefox/Opera/…

      De momento não. No entanto, se quiser fazer esse plugin poderá entrar em contacto com o autor do plugin para o Crome que poderá facultar informação necessárias para também desenvolver para outros browsers.

    • Henrique Mouta says:

      Sim verdade, vou submeter a extensão e nos próximos dias já deve estar disponível.

  22. Marco says:

    Alguém me pode explicar como mudar o dns no ubuntu 15.04
    Cumprimentos

  23. irlm says:

    Freemybrowser addon firefox

  24. cvb333 says:

    ha tanta maneia de dar a volta a esses bloqueios, que nem acredito que ainda haja pessoas que nao consigam aceder a esse ssites 😀

  25. I T says:

    Mudei o meu DNSpara o do google, com as instruções que aqui encontrei. Tudo funcionou bem até agora!?
    Acaba de me aparecer uma nova mensagem a dizer que o site foi barrado…

  26. Marco says:

    Agora testei o Rlslog.net com via http://www.hidebux.com/

    Até esse bloquearam. Isto vai contra a constituição, pois a maior parte das páginas não aloja conteudos nenhums.

    Piratas são as ACAPOR e afins que recebem dinheiro de todos sem fazer nenhum, sem justificação alguma. É só podridão nos meandros políticos.

  27. George Orwell says:

    Sou contra quem ilicitamente obtém proventos ao distribuir conteúdos protegidos por direitos de autor alheios. É pirataria e ponto final.

    Mas, certos sites que foram bloqueados, tanto quanto julgo saber ( desconhecia praticamente todos) nem sequer alojam conteúdos, apenas apontam caminhos ligados a determinadas obras circulando noutros lugares. Ora, se uma indicação rodoviária indicar o caminho “Síria”, “Bronx” ou “favela da Rocinha” não que dizer que quem circule nesse sentido seja um terrorista do EI, vulgar criminoso de rua ou traficante.
    Outros sites também bloqueados, tanto quanto julgo saber, mesmo alojando conteúdos, não obtêm proventos pelos mesmos na medida em que, até prova em contrário, se limitam à partilha gratuita.

    Desde o longínquo tempo dos gravadores de fita magnética que tantos discos e vídeos partilhados por um amigo(a) ou captados nas rádios, foram copiados para o gravador sem que tal causasse o menor calafrio das produtoras que ainda hoje apresentam lucros relevantes porque a partilha, a exemplo da publicidade, permitiu dar a conhecer um determinado músico, realizador ou actor(iz), criando mais um fiel “fan”, o qual, pelos serviços tipo Spotify ou iTunes ou, melhor ainda, recorrendo aos CDs, DVDs ou Vinis, algo corpóreo que um espírito coleccionista tanto aprecia, não vai deixar de adquirir a próxima obra da sua preferência.
    A internet, tal como as grandes companhias de eletrónica que produzem gravadores e media de gravação como cds, dvds, blu-rays vieram potenciar exponencialmente a partilha. Veja-se, como paradigmático, o caso da Sony que a par de constituir um dos grandes empórios produtores de conteúdos musicais e cinematográficos foi e é também o grande pioneiro nos aparelhos e media de gravação desde o tempo dos Walkman, passando pelas fitas Betamax, Dat, CD, Blu-Ray …“you name it”. Será esquizofrenia ou pensará a Sony que um blu-ray gravável de 50 GB serve para gravar ficheiros .odt do LibreOffice. E que dizer das pens e cartões de memória, dos terabytes discos portáteis da Samsung? Servirão para neles colocar … .txt. ?

    E as grandes autoestradas de informação por fibra óptica detidas pelas operadoras de internet, onde 100 megas/s até já parece uma velocidade de caracol ? Serão para mandar “likes” no Facebook ?

    Estas medidas de bloqueamento, que se saiba, não determinadas por decisão de um qualquer tribunal, bloqueiam o utilizador-navegador de internet e não os putativos infractores cujos sites se mantêm intactos. Em se tratando de droga, dir-se-ia que para os autores destas medidas, o criminoso a deter seria o consumidor e não o traficante que seria deixado em liberdade . Consumidor que já paga direitos de autor “genéricos” ao comprar, p.e. uma impressora ou um telemóvel.
    Para tornar as coisas ainda mais tortuosas, o consumidor ao querer acesso à internet confronta-se, na maioria dos casos, com uma obrigatoriedade de também ser obrigado a um serviço de telefone fixo e uma fidelização por dois anos que nem os casamentos de hoje com donzela virgem garantem, e, de um dia para o outro, por pura coincidência, chegando uma tal de NetFlix ( ou será NetFlex ? ) a colocar os tugas em Net flexão como se tivessem numa mesquita prostrados a Mafoma, e logo se determina uma “burka” a certos sites e tudo se põe a postos para exercitar a “sharia” ou ”jihad” declarando “fatwas” à liberdade individual de circulação na Internet que além de decapitar o princípio da “Net Neutrality”, dão os direitos de autor ínsitos nos preços dos telemóveis, impressoras e muitos outros medias como uma irrelevante impostura .

    Por alguma coisa, países como a Suécia, Suiça, Canadá e outros, ( como se nota, países ainda no megalítico e com um grau de desenvolvimento muito inferior ao nosso ) no âmbito das prioridades de política criminal deixaram de perseguir sites como os agora bloqueados, porque entenderem que existem fenómenos bem mais preocupantes a clamar pela sua atenção e actuação.

    • pmf says:

      Muito bom!!! Parabéns pela escrita e exemplos.
      Mas… às 5 e 22 da manhã!!!! 🙂
      Obrigado!

      • Redin says:

        Subscrevo na totalidade o George Orwell no seu texto que mais parece ser retirado de um grande e importante jornal de referência, de tão bem escrito e ponderado. Parabéns.
        Quanto às 5.22 da manhã.
        Caro amigo, quando a inspiração aperta, ou tens um guardanapo nessa hora para apontar as tuas ideias de modo a trabalhar mais tarde, ou então não deixas mesmo para amanhã o que podes fazer hoje.
        Parabéns mais uma vez.

    • nfu says:

      Simplesmente fantástico!

      100% de acordo e não o poria melhor.

  28. int3 says:

    NÃO USEM PROXYS.
    Estão a ser infetados com JAVASCRIPTS BOTNETS.
    O Proxy pega em todos os ficheiros .js e injeta com outro código malicioso!
    Mudem simplesmente o DNS!!!
    Se querem usar um proxy então usem-no só para fazer o que pretendam: sem usar facebooks e info vossa! E desativem ou bloqueiem pro favor o javascript.
    https://www.youtube.com/watch?v=0QT4YJn7oVI
    Este video mostra Alonso a ter num dia uns milhares de bots só pelo facto de publicar na internet o seu servidor proxy… vocês não gostam muito de “contornar” mas acabam por ser ownados…

  29. cm says:

    No youtube há um video a explicar como mudar o DNS. É muito simples e funciona a 100%. Já mudei desde a semana passada e funciona a 100%.

  30. Mota says:

    Muito bem! Grande artigo!

    Eu pessoalmente prefiro mudar o DNS.

  31. Ricardo Costa says:

    Mas porquê o pplware ainda não disse que o bloqueio a esses sites foi feito voluntáriamente pelos ISP’s, sem nenhum pedido de algum juiz com poder para tal.

    O bloqueio é ilegal..

    Olhem a PT já me desbloqueou os sites… agora orientem-se

  32. rui says:

    Olá, desculpem a minha ignorância. Esta extensão é confiável??? Com este tipo de extensões não é possível “roubar” dados ao utilizador? Phishing ou outra coisa?

  33. ElNunes says:

    Basta ir ao google tradutor para desbloquear qualquer site 🙂

  34. João Vicente says:

    Boas para todos, independentemente do bloqueio/desbloqueio de alguns sites, os LOBIS dos direitos de autor enriquecem astronomicamente á conta dos produtores /trabalhadores que têm a sorte de conseguir que os seus trabalhos entrem nos circuitos comerciais. Em Portugal os músicos/escritores (e nem estou a falar do cinema) se tiverem a sorte de ver o seu trabalho distribuído pelos circuitos comerciais multimilionários, recebem á cabeça pelo seu trabalho, bem como maior parte dos cantores (se não fossem os concertos …muitos nem sobreviviam) ou seja apresentam um trabalho e são pagos LOGO por esse trabalho….independentemente das editoras dos SPA, dos MAPINET, IGAC e outros, receberem dinheiro de todo o lado possível e imaginário, muitas e muitas vezes milhares de vezes o valor que pagaram pela obra (ao trabalhador/musico/escritor), esses tais monstros -LOBIS- que alguns aqui defendem recebem os milhões dos pontos de venda e agora de milhões de suportes informáticos (cds/dvds/pens/d.rigidos etc) e recebem TODOS, TODOS os meses (2.65€0x6.000.000) 15.720.000 € FIXOS pagos pela EDP (ou seja por todas as nossas faturas)por direitos de áudio/visual….pois é …é por isso que os artistas são POUCO pagos pelos seus trabalhos e existem estas SPA, MAPINET, IGAC e agora NETFLIX, e os que aqui nestes comentários querem dar a entender que este dinheiro seria para quem faz musica, escreve um livro canta, ou faz uma pequeno filme…

  35. borderline says:

    supernet, zenmate, dbd, manual, tor, orbot,..whatever. Ainda bem que não faltam soluções. Mas as tugas são para apoiar!!!! Aloha!!!!

  36. borderline says:

    Aloha n..lol… *Ahoy. Espanholada a mais…

  37. José Silva says:

    Para o iPad alguma configuração que se possa fazer ou só resolvemos o problema ao configurar o DNS no router ?

  38. Manuel Soares says:

    O que fiz foi mudar para o DNS publico da google no router assim está mudado para PC, consolas, telemóveis etc… Dá mais trabalho mas é útil 😀

  39. luis lopes says:

    apaguei a extensão, e voltei a liga-la, e voltou ao normal.

  40. ziax782 says:

    alterei o DNS apenas no PC para o da google tudo funcionava bem até que fiz um reset ao router (MEO) agora não consigo aceder a nenhuma pagina. Alguem pode ajudar? Obrigado

  41. Cidadão Português says:

    Por este meio se informa que o servidor de DNS privado da presidência da república não está a bloquear os sites que estão censurados para todos os demais cidadãos portugueses, nos DNS das suas operadoras. É mais um caso de “alguns podem, outros não”, à boa maneira portuguesa.

    Ora testem (é um servidor DNS pouco conhecido do público, por razões óbvias, mas basta configurá-lo no vosso PC ou router como qualquer outro):

    192.162.17.5 (ns1.presidencia.pt)

    Voilá… magicamente, todos os sites censurados já estão a funcionar outra vez.

    Por este meio se sugere aos caros amigos com contactos nos meios de comunicação e imprensa que começem a preparar a notícia, com um título do género “Censura da Internet em Portugal é Para os Cidadãos Mas Não Para os Governantes”, ou “Censura em Portugal Não se Aplica Ao Sr. Presidente da República”, por exemplo.

    Porque, sendo a censura uma coisa considerada feia em Portugal desde o 25 de Abril de 1974, e sendo portanto a questão da censura actual da Internet neste país já vergonhosa que chegue, esta pequena notícia que vos trago pode mesmo ser a tal gota de água que faz transbordar o caldo.

  42. Sara98 says:

    Tou com o mesmo problema de não conseguir aceder a certos sites por estarem bloqueados…ja tentei mudar o DNS mas não encontro no meu telemóvel como essa função! Já me disserem que não era possível modificar no meu que é um Nokia Lumia 630..se me podessem ajudar agradecia.

  43. Diogo Filipe says:

    Tenho o win10. Tentei instalar o ahoy no chrome mas deu logo erro. Será por ser o sistema operativo?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.