Google Maps em Português

O Google Maps já está em português e com conteúdos portugueses. O grande destaque vai para o Google Transit, que faz de Lisboa a segunda capital europeia a ter informações relacionadas com o sistema de transportes públicos.


Os Lisboetas passam, a partir de agora, a poder fazer pesquisas sobre rotas e escolher a forma como pretendem chegar ao destino. Entre as possibilidades contam-se os percursos pedonais e de carro, mas também os percursos com transportes públicos. Este serviço foi desenvolvido em colaboração com o Metro e a Carris.

Apesar de a informação já angariada com recurso aos parceiros, a empresa refere que todos os utilizadores, a título particular ou empresarial, podem contribuir para o Google Maps. As empresas interessadas em adicionar informação sobre o seu negócio podem fazê-lo aqui.

Ainda a propósito do contributo dos utilizadores para o Google Maps português, a Google está a promover o concurso “Os Meus Mapas”. O vencedor recebe um iPod, e os mapas podem ser entregues até dia 15 de Janeiro de 2009. Mais informações aqui. Exame Informática

Homepage: Google Maps



  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


9 Comentários

  1. Gostei muito de saber que ja existe o Google maps em portugues, mas ha uns tempos, eu queria utiliza-lo, apos ter feito o seu download, mas nao me encontrava com internet no local, e entao, este nao me funcionava, presumo que para este funcionar em excelentes condicoes precissa-se de estar ligado ha internet, mas este promenor as vezes torna-se chato. Nesta nova versao, este parametro ja esta resolvido? ja funciona sem ser necessario estar ligado ha internet?

    __________________
    http://www.ntelemoveis.com

    o seu blog sobre todas as noticias de telemoveis, em portugues.

  2. E o Puertu, carago? ;-)

  3. Off-Topic para os interessados:

    Já saiu o “ESET Smart Security 4.0.68 BETA” com mais de 50 melhorias… e o “ESET NOD32 Antivirus 4.0.68 BETA” também já cá está fora, claro!

  4. @Gabriel Midao:

    Mas tu tens noção da quantidade de informação que seria necessário instalares no teu pc para o google maps funcionar offline!?

    Seria fisica e virtualmente insuportavel!

    A não ser que a google desenvolva um metodo que permita criar os mapas e as imagens de satelite em tempo real (o que duvido) não esperes por esta opção. Bem, pelo menos nesta vida…

    O google maps não é um gps, que utiliza java para criar os graficos!
    Através do google maps consegues ter acesso a terabytes de informação e imagens de alta resolução.
    De que forma pensavas armazenar tudo isso?

  5. pois tens razao, mas assim torna-se um pouco chato =(
    va deixa para la xD

    ________________
    http://www.ntelemoveis.com

  6. mas poderia ser muito útil sacar aquilo que o utilizador precisasse para ver em offline. por exemplo, uma cidade inteira.. ou certa parte de uma cidade..

    claro que para ter do país inteiro mais vale um GPS…

  7. @alohomora:

    O google earth/maps guarda a informação que já tiveres visualizado em cache, ou seja, se ficares offline consegues aceder a todas as tuas pesquisas anteriores.

    Um truque que te poderá facilitar avida caso queiras utiliza-lo offline é aumentar o tamanho da cache.
    Poderás ver aqui como o fazer…

  8. Não é “puertu, carago” mas sim “puârto, cuarago”. Se querem gozar, ao menos saibam que fazê-lo.

  9. A senhora que fala tem muito pouco jeitinho!

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.