Desempenho do Flash no Android 2.2 é doloroso

O desempenho do Flash no Android mede-se em segundos por frame e não em frames por segundo.

Todos nós sabemos que o Flash está em todo o lado, a começar pela enorme quantidade de sites de streaming de vídeo. A grande bandeira do Android 2.2 é o suporte ao Flash, face ao iOS da Apple. A Apple vaticina o fim do Flash, antevendo uma web que recorra às potencialidades do HTML5 em detrimento da tecnologia da Adobe.

Será esta previsão assim tão absurda? O NewTeeVee pegou num Google Nexus One munido de Android 2.2 (Froyo) e suporte a Flash, decidiu navegar entre vários sites bem conhecidos e no fim, as conclusões estão à vista.

É importante referir as condições do teste: além de ter sido usado um Google Nexus One com o CPU Snapdragon a 1GHz, a ligação wireless utilizada fixa-se nos 25Mbps. Olhando para estas condicionantes, a velocidade de ligação não é limitadora, nem deverão ser os 1GHz de poder de processamento do smartphone.

O objectivo seria testar a performance da reprodução de vídeo Flash no Android 2.2. Ao navegar pelos vídeos da ABC.com, Fox.com e Metacafe.com, é notória a extrema lentidão de carregamento dos mesmos, muitas vezes nem se conseguiu visualizar qualquer imagem. Quando, por sorte, a imagem aparecia, a reprodução era incrivelmente má, quase dolorosa de se experienciar.

Dependendo dos sites e da qualidade desses mesmos vídeos, a experiência global é muito inconsistente. No site móvel da ABC, ora aparecem mensagens de erro “Try again later”, ora o vídeo pára depois dos anúncios publicitários. Foi no Fox.com que conseguiram ver finalmente um vídeo. Segundo o autor do teste “O episódio de Bones parecia mais um slideshow visto no Android do que um vídeo, e com o som dessincronizado em relação ao vídeo”.

Foi o Metacafe que proporcionou a melhor experiência de de utilzação. Arriscou-se um vídeo em HD, e é claro, mais parecia um slideshow. Tentou-se por fim visualizar um vídeo sem HD e finalmente foi possível ver algo, embora ainda demasiado lento para um utilizador comum suportar. NewTeeVee

Obrigada ao a Friend® pela sua partilha no fórum.

Deixo-vos por fim algumas perguntas em aberto:

Embora o Flash seja a grande novidade do recente Android, como poderá este vencer no mercado do vídeo não-optimizado, sem que os sites sejam obrigados a fornecer uma versão optimizada dos seus vídeos?

Terá o Steve Jobs razão na sua previsão, o Flash tenderá a desaparecer?

Esperamos pela vossa opinião nos comentários.





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


198 Comentários

  1. E nem todos os equipamentos com o 2.2 vão suportar flash. Não vejo grande futuro para o flash em terminais moveis.

    • Eu também não vejo grande futuro para o flash. E ainda se dizia que a google ou apple iam com a adobe (ou já compraram?), tenho um conselho para o Jobs e para o director da google (ñ lembro do nome), se ainda não compraram a adobe não a comprem. Seria a burrice do século.

  2. Depois ainda falam do Flash no iPhone.
    A noticia já é um pouco Old.Mas pronto.

    Btw »http://www.pcdecrapifier.com/
    Gostava que falassem deste software dá muito jeito.

    ;)

  3. Em primeiro lugar, esse nexus one nao esta stock.. ve-se o UI htc sense, que indica que o utilizador ja andou a rootar o nexus e a colocar la roms nao oficiais, se la colocou roms muito provavelmente alterou tb o kernel, ha muitos kerneis undervoltage para o equipamento poupar bateria, acabam por correr a 500 mhz ou pco mais…

    Esse user pode ter alterado esses aspectos e ignorantemente postou esse vid para demonstrar a sua frustacao.
    Tenho um Nexus One. E admito que por vezes ha videos que ele eh lento a mostrar, mas banners ehl qplicacoes flash como galerias de imagem e agendas e muito fluido. No meu site tenho uma agenda flah que e uma componente importantissima do site e ppr exemplo, com um iphone, nao a conseguiria ver…

    Ja agora porque nao metem ai um video de um iphone a mostrar a sua lentidao? Se for necessario eu indico o videos ;)

    • Não faço ideia se ele é ou não frustrado por ter comprado um Nexus (provavelmente não será que é uma grande máquina e tem uma versão do Android que é excelente) mas se dizes (retoricamente e para teu descanso) que é “ignorantemente” mexeu nisso tudo e com isso comprometeu o desempenho da máquina… desculpa lá mas estás a “dar passos para o lado” (metaforicamente falando claro).

      Depois a ideia é mostrar que já não há espaço para o Flash como o conhecemos nos dispositivos móveis actuais, ou o Flash evoluiu ou o utilizador irá banir simplesmente o Flash… isso está nos livros!!!

      O Nexus é grande máquina e ainda não vi nenhum proprietário a dizer que corre flash com fluidez, com os botões de controlo acessíveis de forma optimizada e prática, etc…

      Há que pressionar a Adobe a lançar um Flash melhorado e optimizado, se não querem ser ultrapassados pelo HTML5 mexam-se, essa terá de ser a reacção óbvia dos utilizadores.

    • Por falta de atenção não vi que este video tinha sido um teste. e quanto aos erros.. peço desculpa mas era de manha e estava a escrever só com um olho aberto :P

      aqui está um dos videos.. (e nem seque falam em flash obviamente, falam em tarefas do próprio IOS4)

      http://www.youtube.com/watch?v=Pdk2cJpSXLg

      • Então apresentas um video sobre os problemas que um hardware com 2 anos tem para correr a versão corrente do iOS… porque é que tb não falas sobre os telemoveis Android com 2 anos que nunca poderão fazer o upgrade para o Android mais recente… o mesmo se diga do Windows.
        E para rematar que tal teres referido que na próxima semana sai um update exactamente para resolver os problemas que tu mostraste! Não te dava jeito!?

        • Na keynote não falam destes problemas, falaram sim, nos problemas de wi-fi, bluetooth… eu mostro-te um G1 a correr 2.2 ;)

          http://www.youtube.com/watch?v=yI90KZzEPRQ

          aí tens.. Já agora, esse video do iphone é uma sátira ao comercial que eles fizeram..

          E se me vieres com coisas que o G1 está a correr uma versão não oficial no froyo (está a correr cyanogenMOD) … é a vantagem de usar um SO aberto ;)

        • @ deam0n
          Tenho que te dizer que por acaso foi anunciado na keynote que iria resolver o problema do iPhone3G… vê o Engadget a fotografia se não acreditas
          http://www.engadget.com/2010/09/01/apple-announces-ios-4-1/
          Quanto a tu pores a correr o 2.2 no G1 entra exactamente na mesma categoria do iPhone2G com um firmware modificado com quase as mesmas caracteristicas do iOS4…
          São hacks não suportados pelos construtores ou operadoras que a maioria das pessoas não arrisca a fazer…
          Por algum motivo existe ainda uma enorme percentagem de telemoveis com sistema 1.5, 1.6 ou 2.1. E só irá diminuir devido ao nº de telemóveis novos que forem sendo vendidos!

    • Que desculpa…
      O que tem a ver??? Entao o supra sumo do Android nao consegue ter um tema alterado sem comprometer a performance?

      lol

      Pela tua logica, no iOS jailbreak’ado (que tambem se altera o sistema) tambem compromete-se muito a performance…lol
      Fica aqui o aviso, se no iOS houver flash nao se pode fazer jailbreak, senao compromete-se em demasia a performance do telemovel-

  4. Não era de esperar uma coisa destas?
    O Flash é uma chatice. É muito utilizado, é bastante poderoso, mas é uma chatice. Porque “come” dos recursos de hardware do dispositivo, seja ele pc ou telemóvel, e, acima de tudo, porque é uma tecnologia fechada.

    Era de esperar um pouco mais de velocidade realmente, mas será que são todos assim? Mais opiniões eram bem-vindas.

    Ainda assim, se o Android não corre bem o Flash, o iPhone não o corre de todo. Neste caso, a Apple fez mais ou menos bem. Escusa de se preocupar com suporte à tecnologia. Não a suporta, e pronto.
    Não estou a defender acerrimamente a Google, nem a Apple, mas então será por deixar de ler bem o Flash que agora o Android é se torna uma plataforma menos útil?

    Eu gosto muito dos iPhones. Gosto mesmo. São bonitos, fiáveis, rápidos, bem construídos (aparentemente). Mas não vou dar 600 euros por um telemóvel, porra. É demais para o meu bolso. Com 600 euros compro eu um netbook, compro um telemóvel e ainda vou beber umas minis com os amigos para uma esplanada. Depois fico é sem dinheiro :)

    Se a tecnologia Android faz tudo o que procuro num iPhone (Wifi, 3G, GPS, Emails, fotos, música, sincronização de calendário google e algumas aplicações úteis, para além de me dar a possibilidade de desenvolver boas aplicações para o seu OS), é igualmente fiável, e custa muito menos, porque hei-de comprar mais caro?

    Bem, acho que já meti tema para uns 90 comentários. Aposto entre os 70 e os 85.

    • Não precisas de dar 600€
      Podes comprar fora mais barato e poupar quase 200€.

      Portugal é o pior país para comprar um iphone.

      Coisa é que não percebo.
      O iPhone é caro, mas comparado com terminais de outras marcas Nokia e Samsung o preço é idêntico :/

    • Se calhr o Flash só vai desaparecer quando o HTML 5 for disponibilizado na sua forma final, e isso só lá para 2020, digo eu. Pelo menos é o que os calendários dizem.

      O uso de standards nunca fez mal a ninguém :)

    • Um Fiat tb faz tudo o que um Ferrari faz. Mas tens de concordar que o Ferrari é melhor.
      Não podes comprar “Android” com iphone. Tens de comprar equipamentos com android dentro da mesma gama que o iphone.

      • Humm… Que tal comparar iPhone com Samsung Galaxy S?

        • É uma boa comparação. Mas e o preço?

          Assim com essas comparações é que se vê que afinal o iPhone até não é caro.

          O Samsung Galaxy S, na minha opinião, é o único capaz de ombrear com o iPhone e eu gosto muito dessa máquina.

          Agora para desfrutar de qualidade já não podemos esperar ter um telefone por 180 euros ;)

          • ..Se a S.E. se dignar a actualizar o X10 … é outro que pode incomodar o iPhone sem ser o Galaxy S

          • Vitor.

            Se formos comparar os preços de um Smasung bloqueado (à TMN) e de um iPhone 4 (bloqueado À OPTIMUS) com plafonds semelhantes verás que o Samsung é mais barato (cerca de €60 – com a crise actual é muito dinheiro ;) ). Isto já para não falar se os fores comprar desbloqueados: aí o Samsung bate o iPhone aos pontos (e nem adianta dizer para ir comprar lá fora… estamos em Portugal e – infelizmente – temos que nos regir pelos preços cá praticados).

          • Manuel Costa

            Já tive uma semana com o Galaxy S e quando mexo nele lembro-me do 3GS.

            Ao lado do iPhone 4, coitado mesmo.. nem sei o que comentar. Portanto a diferença de preços, mesmo bloqueados, digo sem sombra de dúvida que é justificativa.

            Eu tive para comprar o Galaxy S como segundo telefone, mas sinceramente preferia ficar com o 3GS.

            E só estou a falar do sistema.. se for a falar de aplicações de qualidade que temos no iOS… já entramos num campo que o investimento deixa mais uma vez o Galaxy S bem distante.

          • Não entendo estas comparações… o Galaxy é o melhor Smartphone de momento.(ponto final)

            Basta darem uma vista nas análises online para comprovarem que o Galaxy fica apenas ligeiramente abaixo em alguns testes e noutros acima, agora somem-lhe o facto de ser mais Barato e não ser destruído com uma simples queda!

            http://www.appleinsider.com/articles/10/06/10/shattered_iphone_4_photographed_to_challenge_apples_durability_claims.html

            Quanto às aplicações o que há para um há para o outro, é só procurar.

            O velho motivo: a Apple tem mais uns milhares de aplicações…- mas quem raio é que usa mais de 5-10?

          • @outch

            vives uma realidade aparte. O Galaxy S é pura e simplesmente um iPhone 3GS pouco maior, mais fino e com qualidade de plasticos da tanga.

            Tem é uma coisa muito aliciante apenas.. um excelente ecrã!.

            É fluido.. sim é… é rapido, também.. mas é um Rip do iOS em todos os aspectos!

            Ao lado do iPhone 4, coitadinho mesmo, e falo com conhecimento e experiência.

          • ? realidade à parte?
            olha quem fala!!

            http://www.youtube.com/watch?v=HfHnIHfKYkw&feature=related

            Como podes ver o iPhone fica à frente muito ligeiramente nestes testes, o sistema operativo é tal como ele disse preferência pessoal.

            No entanto plásticos fracos só podes andar com os olhos fechados, ou é a Apple que te paga para comentários absurdos?

            e 2 quedas e deixa de funcionar???
            4 ficou todo partido! -.-
            e não é o único vídeo a circular!

            E sinceramente já os testei na Fnac, não afirmes que falas com conhecimento que fica-te mal.

          • @outch

            “Já o testei na FNAC”

            Podes ficar por ái na conversa….não precisas dizer mais nada ;)

            Eu ainda hoje voltei a andar o dia inteiro com o Galaxy S… mas pronto… fica na tua.

          • Tu é que estás a mudar de assunto! Como já te vi fazer! Não queres discutir o que se fala na net, que o facto de o material do iPhone 4 ser uma mentira e não ser mais resistente.

            E que o Galaxy sendo mais barato, fazendo o mesmo que o iPhone e ainda é mais resistente.

            Podes falar que o iPhone te parece melhor nas mãos, mas não fales mal dos plásticos do Galaxy quando estes sobrevivem a testes de qualidade ao contrário do iPhone

          • Mostra-me os drop testes ao Galaxy S então!

            Galaxy S tem plasticos da tanga sim, sei do que falo.

            E em quedas, parte igualmente como um iPhone… poderá ser à primeira como poderá ser à 4 vez! E isto para não falar que por ter plastico maleável, é bem provavel ficar bem afectado por dentro.

          • http://www.youtube.com/watch?v=3by5u9ax2EU

            1.60m mas funciona e com mais quedas que o iPhone4

          • é fazeres uma pesquisa!
            E quanto ao plástico maleavel se estragar por dentro mais facilmente, aparentemente é ao contrário!

          • Sim é isso, homem que testa smartphones na fnac.

      • Sim, eu pensei nisso quando estava a escrever. Alguém ia mencionar nisso :)

        Não sei até que ponto o iPhone, quando comparado com um topo de gama Android, é muito melhor. Mas, vistas bem as coisas, um topo de gama Android custa pouco menos que um iPhone. Talvez menos 200 euros, menos 150, coisa assim.

        • Nem por isso. O iPhone livre custa 1.299€. Bloqueado: 659,90€

          Um HTC Desire livre custa 519€.
          Um Galaxy S livre custa 599€ e bloqueado custa 389€.

          O importante é comparar características da máquina e Sistema Operativo versus necessidade e potencialidade de utilização e, no final, fazer a escolha.

          • Eu nem me estava a referir ao novo iPhone. Esse é um roubo.

            Porra 1300 euros na FNAC?!
            Por 1300 euros eu compro um iMac!

          • Atenção que os preços da FANC e afins não são preços de máquinas distribuidas pela Apple para o mercado nacional, são máquina importadas de países onde existe venda de iPhones livres de operador.

            Nesse caso e comparando esse cenários, podemos comprar um iPhone por pouco mais de 500 euros.

            Há que saber comprar as coisas.

            Esses preços da FNAC além de ser um roubo são a meu ver ilegais!

          • Lá voltamos nós ao suposto iPhone desbloqueado, por €1299, da FNAC, que não tem nenhum para vender.

            Uma aproximação ao preço desbloqueado é o tabela dos preços da Vodafone para o desbloqueio. Na verdade em vários modelos os preços desbloqueados são pura ficção para “cravar a unha” porque nunca estiveram nem estão à venda desbloqueados.

            https://loja.vodafone.pt/homephone/condicoes-de-desbloqueio

          • A minha prima deu pelo o iPhone dela desbloqueado, 500€ nem isso em França.

      • Um Ferrari não sobe passeios, ahahahahaah!

  5. O Flash não é a bandeira do Android mas sim uma das várias vantagens em relação ao iPhoneOS.

    Realmente o Flash é pesado e, era bom que o HTML 5, ganhasse terreno o mais rapidamente possível… mas entre poder ver o conteúdo de um website em flash e esperar uns segundos e não ver nada, prefiro a opção A. A Apple não dá sequer essa opção. Essa é que é a diferença.

  6. LOL! se nao tivessem metido ai os “creditos” de quem partilhou a noticia, quase que dava para adivinhar quem era!!
    Isto tendo em conta que o artigo nao podia noticiar apenas que o flash corre mal no Android OS, mas que corre mal no Android OS e que foi banido do iOS, pois a Apple vaticina bla bla bla bla……

    • Por acaso o artigo não é copiado, mas sim adaptado, tal como fazemos para todas as nossas fontes de notícias que interessem. E essa parte é totalmente da minha autoria. Disse alguma mentira?

    • Mais um artigo simplesmente imcompleto!

      Podemos verificar que se o vídeo estiver optimizado para Smartphones as coisas correm muito suavemente e isso é o que acontece com o aclamado HTML5 tem optimização para Smartphones!!
      http://www.youtube.com/watch?v=NMy9kvAduMk

      • Errado. O HTML5 não tem optimizações especiais para smartphones.

        O mesmo video tanto corre com qualidade nos desktops como smartphones.. sem compressões especiais.

        Basta verem o Youtube e Vimeo.

      • Acho que temos aqui muita confusão sobre o que faz e o que é o HTML5 no meio disto tudo!
        Não sou programador mas pelo o que eu sei o HTML5 simplesmente fornece as tags para inclusão do video numa determinada página. E a partir daí – e vou-me cingir ao caso dos browsers que apoiam o h264 – entram em função os protocolos associados a este codec (terminal-servidor, bitrate, etc, etc), e a implementação do codec no browser – o decoder – esse sim bem optimizado para o terminal.
        O facto é que o h264 é excelente para terminais móveis pela sua flexibilidade ao nivel do servidor e por já haver óptimos decoders e chips que os suportam.
        Se com o flash sai uma porcaria é em primeiro lugar devido à Adobe pelo seu software mal adaptado para smartphones (e isto é no terminal e no servidor) e em segundo vem quem fornece o serviço porque muito provavelmente implementou mal a tecnologia.

        • Obrigado pela explicação, pena o outro que tem a mania que detém toda a verdade.

          • Ainda mais razão me dás oh palhaço!

            Não sabes e teimas! Otário.

          • @ aFriend
            Não entendes-te que explicas-te mal, insultas-te e por isso é que não te dei razão!

          • E palhaço é quem te fez crlh!

          • És ignorante, simplesmente.

            Se não sabes, tentas perceber. Entraste numa conversa a dizer que estou errado quando nem sabes do que falas? Isso pra mim é conversa de ignorantes. Depois revelaste-te bem com os insultos.

            Mas também não é preciso muito, bastou ver o teu historial no site as intervenções que fazes, e pessoas como tu não tenho mesmo paciencia. Gente ignorante, que acha e teima que sabe o que afinal não sabe.. mas gosta de corrigir os outros armado em chico esperto!

      • Mas o artigo está incompleto em que parte?
        Dava jeito ler primeiro e depois escrever, é só uma dica.
        Além de que é muito difícil perceber sequer as tuas afirmações.
        Convido-te a clarificares a tua ideia.

        Ah, e já agora, acalma-te um bocadinho.

      • JFYI:

        “The difference between the smooth Flash trailers on Sony.com, the jerky episode of CSI, and the system-stalling Flash video on Fox.com is that the smoother ones were optimized specifically for phone playback. But if content providers have to go back and optimize their videos for mobile platforms, one of the key benefits of mobile Flash–backward compatibility with millions of existing videos–is lost. If you’re modifying your videos anyway, why not go the full monty and use an HTML 5 player instead of Flash?”

        “When I tried going to famous Flash game sites like Newgrounds or Addicting Games, I found that, as Steve Jobs said, “Flash was designed for PCs using mice, not for touch screens using fingers.” Many of the games I loaded were slow to start and slowed the system, making it difficult to scroll around the page or tap on links. But much worse was that, even when these titles loaded, there was no way to control most of the action. Most games required keyboard or mouse actions I simply could not perform on my phone, even with its QWERTY slider. One shooter wanted me to hit the CTRL key to fire; another asked for the left mouse button.”

        source:
        http://www.iphonehacks.com/2010/08/poor-performance-flash-player-droid-2-justifies-apple-decision-allow-flash-iphone.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+iphonehacks+(iPhone+Hacks)

  7. Alguém apagou aí um comentário que escrevi agora? Porquê?
    Escrevi algo de mal?

  8. Porque razão não fiquei nada surpreendido quando vi o nome do aFriend. O mais curioso é que sugestões de artigos sobre desvantagens ou lacunas da Apple ele não dá… Porque será?… será do guaraná?

    • Tem de dar. Se ele não ser todos temos que as apontar.

      Tantas vezes falamos que o preço é uma das maiores lacunas. Temos de pressionar a Apple a baixar os preços, são um exagero.

      Há que apontar a falta de visão da Apple ao não ter aberto até ao momento uma Apple Store em Portugal. Temos de os pressionar.

      Porque razão não fazem distribuição livre de operador do iPhone 4 em Portugal? É Outra critica que eu faço à Apple.

      Já foi dito e serve para pressionar a Apple que o iOS4 é muito lento no iPhone 3G, um iPhone com 2 anos deveria poder contar com o novo SO mas com qualidade.

      Pequenos bugs no iPhone 4 já deveriam ter sido corrigidos, também já se falou nisso.

      A falta de multitask no iPad (esse é um pedido meu :D ) já deveria ter sido lançado. Outra critica que já fizemos aqui à Apple.

      A falta desse mesmo iPad em Portugal, é outra critica que já fizemos à Apple.

      Mas há mais criticas que são feitas, tens é de ler os posts claro.

      As criticas servem para pressionar as marcas a evoluir…

      • “falta de visão da Apple ao não ter aberto até ao momento uma Apple Store em Portugal”
        Não percebo bem a lógica! Que gostasses de ter uma cá percebo e até eu gostava, agora dizer que é falta de visão… no ramo comercial as coisas têm que ser bem medidas…
        Só agora é que vão abrir em Espanha, e ainda não abriram em países maiores e com maior poder de compra que Portugal e provavelmente já com maior penetração no mercado! Temos Holanda, Suécia, Áustria, Bélgica e outras ainda com melhor mercado do que o Português.
        Até podem abrir primeiro cá, mas há que ter um pouco a noção da realidade, principalmente num país com pouco crescimento!

        • :) eu sei bem disso e olha… até sei, vê lá tu, como, quem e onde será financiada a vinda da Apple para o Parque das Nações ;)

          http://pplware.sapo.pt/informacao/apple-abre-apple-store-em-portugal/

          • Certo, eu não digo que não é bem vindo e que não terá beneficios em termos de mercado (embora não sei em que extensão). Apenas achei exagerado chamar falta de visão.
            Acho mais criticável a falta de adaptação dos preços ao tipo de mercado.
            Mas por incrível agora os preços dos novos iPod cá são iguais ou melhores que em Espanha – acho que ainda não vi isso mencionado em lado nenhum! Se fores ver o Classic é mais barato cá 2 euros, os outros está igual.
            Eu pelo menos tinha a ideia que lá estava mais barato

      • Por falar no iPhone 3G, embora seja um telefone já com 2 anos, a Apple não o esqueceu.. como muitas empresas o fazem…

        http://www.youtube.com/watch?v=1q0jVRwHy00

        É essa a diferença da Apple para as outras marcas. Aposta na qualidade e no suporte longinquo.

        Problema de velocidade no 3G está resolvido no update 4.1 ;)

    • Se tens assim tanta coisa de mal para dizer do telefone em sí, porque é que não dizes?

      Deita cá para fora!!

      Provavelmente estamos a falar de frustração…mas pronto.
      Acho que o pplware, sempre foi um pouco democrático, logo se tens algo de mal para dizer acerca de um equipamento, é simples, dizes…
      Acho que o intuito do post, até nem foi falar mal do Android mas sim do Flash…dando também enfase ao que a Apple decidiu em relação ao suporte do mesmo, visto que foram criticados por “todos” por isso.

      Deita cá para fora rapaz, ainda não vivemos numa ditadura(Secalhar infelizmente, não sei…)

    • Como te disse há tempos.. continuas completamente desalinhado do que dizes quanto te referes à minha pessoa.

      Se soubesses o meu trabalho para o pplware até estavas bem calado, mas isso nem vou falar porque não vale a pena.

      O que vale é que não te devo a ti nem a ninguém satisfações. O resto da equipa sabe bem a minha contribuição e especialmente o Vitor M sabe bem o quanto contribuo. M

      Mas deixo a dica.. não sou daqueles que só aparece aqui a comentar e a criticar tudo o que aparece… a fazer birra.

  9. [OFFTOPIC]

    Será um easter-egg? :)

    Se sublinharmos o canto superior direito do cabeçalho do Pplware, aparece-nos 123, 321..

  10. Ora mais uma notícia no Pplware a falar “bem” do Android…

    Primeiro… qual é a resolução dos vídeos que ele está a tentar ler? Não nos podemos esquecer que estamos a falar de um telefone!

    Segundo… numa utilização normal, tenho gostado muito de ter suporte a flash no meu HTC… vídeos que davam mal, agora dão muito bem…

    Terceiro… ele está a usar a versão beta ou final de flash?

    A net tem flash… por mais que queiram dar a volta! E para o que tenho usado não podia estar mais contente!

    Já reparei que o Pplware é o site que mais fala de HTML 5 que eu conheço… não sei bem porquê mas pronto! Mas a realidade é que ainda não está pronto e o que se usa agora é o flash… e nisso eu tenho neste momento suporte! O resto são histórias!

    • Se o pplware é o site que mais fala de html5, não deves conhecer a Smashing Magazine (www.smashingmagazine.com) :)

    • E outra coisa? Porque é que no Pplware não fazem o teste aí?! Ou vão só colocar um artigo de opinião baseado num gajo com uns vídeos? Já vi fazerem isso com outros aparelhos quando na net pejavam artigos a descrever as lacunas!
      Pois bem, acabei de entrar no site da ABC e com uma barra de wireless entrei no vídeo mais rápido que esse tipo e apesar de não dar totalmente fluído, deve-me ter dado praí menos 70% de breaks! Se esse site é bom para ver videos? Não, não é… mas no entanto existem tantos outros que são e serão!

    • afrsa não se trata do Android, pois gostamos bastante, publicitamos bastante e damos a conhecer muitas aplicações para esse SO. Não confundas sff.

      Falamos mais de HTML5, como todo o mundo fala, pois é um standard e é o futuro.

      De resto temos razão nessa aposta, visto que até a Google está a apostar cada vez mais no HTML5… portanto… é fazer as contas ;)

      • Desculpa Vítor… mas basta dar uma vista de olhos para se ver as percentagens de artigos a descrever as lacunas do Android e artigos a descrever as lacunas do Iphone!

        Mas por mim tudo Ok! É o vosso site e vocês gerem-no como acharem melhor!

        P.S. falam bem mais de HTML 5 do que outros sites do género… mas volto a referir o parágrafo em cima! ;)

        • Desculpa lá, mas mesmo eu que não tenho “puto” de obrigação de defender o pplware…vejo-me obrigado a fazê-lo.

          eles têm metido cá fora reviews de uma porrada de terminais com Android, é a melhor publicidade positiva que se pode fazer.
          Como é possível que digas que estão sempre a falar mal do Android?
          Naturalmente, quando digo “porrada” refiro-me, numa perspectiva de um site que nem é de telemóveis…

          Ainda por cima, esta em particular é a partir pedra no Flash e não no Android …

  11. Para quando um artigo sobre esta perola, o novo tablet toshiba: http://www.youtube.com/watch?v=7wKFCRAn2ec&feature=related ??

    Acho que quero comprar :D

  12. Já agora, nunca ouvi ninguém falar da forma como o Android é detectado no Mac OS. Que tal? Funciona bem? Detecta logo os dispositivos?

    Um iPhone é detectado logo no Linux (pelo menos no Ubuntu) e no Windows também instala logo os drivers. Que tal os telemóveis Android no Mac?

  13. O Flash no android tem que? menos de 6 meses?

    Segundo a minha experiencia também o Android 1.5 (está agora a fazer um ano para mim) era até bastante doloroso: incompleto, lento, pouco funcional.

    Agora o Android 2.2 é completamente o contrario. Parece que tenho um dispositivo completamente novo. Estavel, fiavel, completo, funcional e muito fluido!

    Entre ter pouco funcional e não ter. Prefiro ter. Sabe-se lá se em alguma urgencia não poderá ser necessário. Entretanto vou dar a margem da dúvida. Se daqui a… digamos, 1 ano estiver o mesmo lixo ta provado que não é funcional.

    Mas até lá é precoce para falar. E mesmo assim entre ter disponivel e não ter (mesmo qu esteja desligado por default)…

    • A ideia será a Adobe melhorar o Flash e não estar a colocar a pressão no dispositivos e consequentemente nos sistemas operativos.

      Os grandes sites, os mais influentes, os sites de serviços, os sites e e-commerce e tantos outros, estão já a migrar para HTML5, tenho notado isso pois com o iPad consigo já ter acesso a serviços que dantes apenas com o flash player instalado no computador conseguia usar.

      Isso é óptimo sinal.

  14. Realmente é de um gajo perder a cabeça,tanto tempo… No entanto, parece-me estranho não experimentarem no youtube, o maior site com videos flash do mundo ;p

  15. Olá!

    Quanto a isto do flash, não é preciso ser no Android, tenho alturas em que até no pc o flash falha e me diz para relatar os erros… Por isso não sei se será mesmo culpa do Android ou se será mesmo da Adobe!!!

    Cumps.

    • Verdade sim senhor. As pessoas (algumas) são ceguinhas, pois vemos que nos computadores o Flash é problemático, mas continuam a apoiar a entrada deste no mundo mobile… tal e qual como se apresenta para PC’s.

      E alguns batem mesmo o pé, vestem a camisola a dizer que está bom… até po~em em causa a credibilidade do tipo que apresentou o teste… e têm problemas no loading dos vídeos, no streaming, no excesso de publicidade, nos players mal construídos… enfim…

      • Pois, posso até dizer mais, com esta nova versão – 10 – posso ter notado maior velocidade no carregamento em alguns momentos, sim senhor, mas também notei uma maior quantidade de falhas no carregamento do mesmo. E depois um simples site com informação necessária mas que tem algum flash na mesma, por vezes torna o carregamento um total quebra-cabeças, isto num pc, então imagino como ficará num Smartphone em termos de navegação. Quanto ao aqui publicado, ainda não vi o vídeo, mas será que não haveria mais alguma coisa em flash na página que estive a provocar essa lentidão? Isso é um factor a ter em conta.

    • É verdade sim senhor, eu que o diga.

  16. Poderiam ter realizado o estudo da tecnologia com conteúdo, “pipes” e telefones portugueses (pelo menos os que suportam mFlash)? O Nexus1 parece lento (problema da câmera talvez) e está “morto”. O vídeo mostra a batalha que o Flash tem de travar no móvel, mas em todo o caso parece-me excessiva a generalização, face ao esforço actual do Android em tornar a tecnologia viável.

    Não sou apoiante de mobile Flash e se alguma vez tivesse essa experiência num telefone… “mau maria”.

    Cumps.

  17. Diz o adágio popular: “cada macaco no seu galho”.
    Isto aplica-se perfeitamente ao Android. Vi alguns comentários que me parecem correctos: tudo depende da utilização que se quer dar ao equipamento.
    Se usamos, como eu, por exemplo, o Android como ferramenta auxiliar de trabalho, com pouco ou nenhum recurso ao Flash das páginas web, então esta discussão não faz sentido.
    Contudo, quem usa o equipamento como centro de lazer ou, pelas mais variadas razões, necessita de recorrer de forma mais activa a páginas com conteúdo flash, então poderá estar perante um dilema.
    Pessoalmente, não sou tão drástico como o Steve Jobs ao prenunciar a morte do Flash. A ter de desaparecer, será um processo longo, até porque os consumidores são sempre renitentes a mudanças drásticas. Quando o Linux começou a ganhar “momentum”, muitas vozes previram a queda do Windows e da Microsoft. O 7 veio provar o contrário.
    Por isso, neste momento em que o Flash é omnipresente e o HTML5 só agora começa a ter visibilidade, esta discussão peca por eventual vácuo de conteúdo. Nós sabemos que David derrotou Golias, mas não se faziam apostas anos antes da luta acontecer ;)

    • Android é o sistema operativo que mais crescerá, isso não tenho dúvidas. Mas também não tenho dúvidas que a Google irá banir o Flash (se este se mantiver no estado actual) do seu sistema operativo.

      O Android passa bem sem Flash, tanto é que a Google está a apostar forte no HTML5.

  18. Certamente se utilizando um telemóvel para navegar em diversos sites, mesmo em html, certamente viriam dizer que os sites não tem usabilidade ou acessibilidade para telemóveis e a culpa é do Android.

    O que se passa é que 90% ou mais dos sites existentes não estão optimizados para o ambiente “móvel”.

    É preciso recursos (€) e tempo para esta actualidade mudar. Por muito que não queiramos, um site, hoje em dia deve ser preparado para computador e telemóvel. Os sistemas operativos móveis ainda não suportam, por exemplo, Jquery da mesma forma que o suporta um IE ou firefox.

    Tenho dito.

  19. A boa notícia é que o flash é opcional. Apesar da web estar atolada de porcarias em flash, eu não sinto a falta dele enquanto navego meu telemóvel. E o flash ser mau não é exclusivo destes gadgets, no windows já é mau qb, em qualquer outra plataforma é simplesmente um pesadelo.

    O melhor é mesmo nem usar… Ficar sem bateria por estar a ler uma simples página que tem um banner publicitário todo catita, deve ser muito desagradável.

  20. Epá, aquele dedo com o penso é muito suspeito…

    Causa-me alguma apreensão….

    No entanto para quem ficou com os cabelos em pé com o vídeo eu farei um esforço e poderei ficar com os vossos Nexus One por um preço razoável. Digamos… tipo metade do preço de mercado.

    Faço-vos esse favor porque são tipos porreiros!

    :)

  21. O SO suportar o Flash é uma coisa, o equipamento ter capacidade de processamento é outra. Acho que o suporte para Flash é uma mais valia sim e deve continuar até porque a tendência é os equipamento terem cada vez mais capacidade. Veja-se o caso do iPhone 4, que tem muito mais capacidade de processamento que o iPhone 3GS e para quem actualizou o 3GS para o iOS4.0 reparou que este ficou mais lento, o que é natural pois se queremos que façam mais coisas e melhores o SO fica mais pesado(nem que seja pela multi-tarefa neste caso).

  22. Não sei quem é o senhor que fez o vídeo mas a intenção dele parece-me clara.
    Há muitas coisas que Ele não menciona quando faz o teste… pq raio está Ele a usar uma ROM com sense num Nexus one? LOL
    Quem tem um Android sabe que ainda não está perfeita a utilização do flash. Mas ela existe e não é assim tão má como a pintam.
    Estes problemas que Ele falou tb os tenho eu no meu Asus eee 1005ha. Tudo depende do vídeo que estou a ver.
    Pelo menos o Android tem essa possibilidade (sem roots ou jailbreaks).

    BTW, vi esta notícia, os vídeos (no browser), comentei no meu HTC Desire. E… obviamente não tive lag a carregar ou ver os vídeos pq são vídeos dentro do “standard”.

  23. E que tal os Smartphones começarem a ter um GPU?? ;)

  24. Terá o Steve Jobs razão na sua previsão, o Flash tenderá a desaparecer?

    Steve Jobs tem o seus interesses , devíamos abolir todos os produtos da apple pois nunca fizeram versão de nada para Linux.

    • Calma, também não vamos abolir todos os produtos.
      Eu também acho que há aplicações Apple que deviam ser instaláveis no Linux (o Safari e o iTunes, no mínimo), mas não passo sem o meu iPod, que foi a melhor compra que fiz até agora. Já dura há anos e anos, sem nunca ter dado nenhum problema.

      Só essas duas aplicações já me chegavam.

    • Sem ser o Flash que corre mal e porcamente em Linux, diz-me lá o que é que a Adobe já fez para Linux?

      E quem diz Adobe, diz muitas outras empresas…!

      Sabes o que é MarketShare? é o que falta ao Linux para as empresas verem que é fiável fazer algo para essa plataforma. E mesmo assim arriscam-se ao insucesso, porque grande parte dos Linuxers são apologistas do Open-Source…

      Software proprietário não é bem vindo para uma percentágem elevada dessa comunidade, portanto essa desculpa não faz sentido algum.

      • Como podes afirmar isso? Sabes porque muito pessoal não se muda para Linux? Precisamente pela falta de algum software proprietário que existe em Windows e Mac de boa qualidade. Por exemplo como estudante de engenharia tenho dificuldade em encontrar software como deve ser, por exemplo MultiSim, que tenho de usar praticamente com recurso ao Wine, onde nem tudo funciona na perfeição. Uso software proprietário no desenho de placas, o Eagle e o Dropbox para trocar ficheiros entre pc e realizar backups.

        Então que tens a dizer disto? Não será que andam a pintar a manta demasiado negra antes do tempo? Se as empresas decidissem a arriscar e depois vissem o resultado por detrás disso?

      • Estão os dois a falar de coisas que não são bem verdade.

        @ A Friend:
        A Adobe não lançou a sua Creative Suite, mas tem o Adobe AIR perfeitamente funcional em Linux, assim como tem o Adobe PDF Reader e o Flash Player está bastante melhor.

        Em segundo, o novo Ubuntu vai ter suporte no Centro de Software a aplicações pagas, logo essa questão de empresas decidirem não investir no Linux é posta de parte.

        Depois há a Google. A maior empresa do mundo utiliza Linux nos seus computadores, servidores (mas isto não é nada de especial), e o seu sistema operativo para telemóveis tem como base o Linux. O seu sistema operativo para netbooks tem como base, o Linux. Desenvolver para esse sistema operativo requer uma instalação de Linux. O seu browser é primeiro lançado no Linux (Chromium) e só depois para as outras plataformas.

        E depois ainda, há este site:
        http://www.Lin-app.com

        Há muito aí para verem. Aplicações pagas que parecem ser interessantes, há aos pontapés.

        @wolfytuga

        A responsabilidade não é só das empresas e do seu investimento. É necessário que o Linux se torne mesmo apelativo, sem complicações que todos conhecemos, e fácil de utilizar para a minha avó, ou a minha tia. Aí sim, há espaço para maior investimento.

        • @João dias.

          Obrigado pelo link,

          acho que muita gente não sabe é que são as grandes empresas que utilizem mais os sistemas Linux, no desenvolvimento do seu negocio.
          E também grande parte do OS de telemóveis é baseado no kernel Linux, não é só android a outros, por isso o linux na minha opinião é mais utilizado de que muita gente pensa, mesmo ao nível dos computadores é mais utilizado do que o sistema da Apple, mas o problema é que por ser gratuito não conta para o mercado comercial de informática, isso a falar em vendas e compras. por isso Apple se diz mais utilizado que o linux, mas é tudo uma questão comercial.

          • Acho que pode ser um pouco complicado medir como deve ser o nº de utilizadores dos sistemas, mas o que é facto é que todos os estudos que eu vi sobre a utilização ao nivel da internet mostram o Mac superior ao Linux.
            Não será a forma mais fidedigna para determinar, pois depende do padrão de uso de internet dos utilizadores e pode ser que a maioria do Linux esteja nas empresas ou então não se identifiquem como Linux, mas o que é facto é que isso o que é demonstrado.
            Até podes ver um dos ultimos estudos onde os sistemas com iOS já ultrapassam o Linux
            http://www.electronista.com/articles/10/09/01/ios.now.larger.than.desktop.linux.for.use.online/

            Mas é como digo não é uma proporção directa com o nº de utilizadores

      • @wolfytuga

        Até hoje nunca vi nenhum empresa a apostar em plataformas de baixo marketshare.

        Os jogos no Mac tiveram esse mesmo problema e estamos a falar de Mac’s, onde tem uma empresa como a Apple que consegue projectar futuros promissores, e só agora é que as empresas estão a voltar. Outro GRANDE exemplo é o AutoCAD que esteve ausente dos Mac’s durante 18 anos e agora dado o crescimento dos Macs eles decidiram que é viável voltar à plataforma.

        Linux para ter mais aposta das empresas de software precisam de passar por várias etapas.

        A primeira é a adopção dessa plataforma em grandes empresas.

        Depois o aumento de marketshare muito significativo, porque vejamos…marketshare de, vamos supor… 1 milhão de pessoas (isto é meramente exemplo) só 10.000 é que podem ser possíveis compradores DAQUELE software. É viável, tendo outra plataforma como o Windows a reinar? Não.

        Nunca nenhuma empresa joga pela fé mas sim pelo seguro. Acredita nisso.

        Eles só jogariam pela fé se não houvesse outras plataformas. Mas tendo Windows em grande e Mac’s em crescimento… Linux ainda é uma plataforma a ser estudada.. é um mercado ainda a ser muito bem estudado. Já esteve mais longe.. mas ainda há um caminho longo a percorrer.

        • Sem palavras mesmo… Seguindo a tua analogia a liberdade de escolha de SO se resume apenas a Windows e Mac! Ora se eu decidisse a criar uma empresa de software profissional (proprietário) apenas para Linux, tal como muitas empresas fazem para Windows e Mac. Se esse software fosse de alta qualidade, sendo freeware ou não, resultasse num Marketshare superior ao do Windows e Mac, então já as outras empresas iriam voltar-se para o Linux? Aí ficavam um pouco a perder ou não?

          Só ainda não faço software para Linux nessa área porque ainda ando a aprender (por iniciativa própria e a ler em fóruns, recolhendo apontamentos de outros que estão nesse ramo) a programação gráfica, pois actualmente apenas sei usar C direccionado para Hardware, o dito Firmware.

        • @wolfytuga

          Não se trata de liberdades de escolha, trata-se de investimentos que o retorno seja significativo.

          É uma questão lógica e obvia. Vamos supor a Adobe.. pensar fazer o Photoshop para Linux.

          Eles iriam olhar para as empresas todas a diriam.. bem.. o nosso software carissimo vai ser vendido a quem? É tudo com Macs e Pc’s… será que vale a pena o investimento?

          Bem.. vamos ver a Google, eles apostaram no Linux e Mac… será que mais empresas seguirão esse exemplo? Quando o fizerem, sim, vamos apostar nessa plataforma, porque temos a garantia que temos empresas gigantes a comprar o nosso software.

          É uma lógica tão simples. Não sei se estás ligado ao mercado, mas se não tiveres podes perguntar isso a qualquer pessoa que esteja ligada. Alias, nem é preciso muito.. basta ver grandes exemplos já presentes.

          Linux ainda tem pouco marketshare e não só.. tem diferentes API’s gráficos… o que baixa ainda mais a fasquia.

          Gnome versus KDE…etc..etc.. a meu ver, ainda não é viável. NUNCA, mas NUNCA uma empresa iria investir numa plataforma a pensar: bem, se fizermos software para lá, talvez o mercado deles aumente. É completamente ridiculo e sem sentido.

          Eles olha para o mercado mais popular e investem nessa plataforma. Quando o Linux tiver uma GRANDE popularidade (em especial no mundo empresárial) eles investem.

          A Autodesk, só agora é que anda a pensar no Linux em programas de renderização 3D, porque no mercado cinematográfico houve um aumento significativo de servidores Linux para completar essas tarefas, ou seja, é um mercado viável para investir.

        • @a Friend®

          Concordaria plenamente se estivéssemos em 2008, mas agora com a Valve Software que lançou a plataforma Steam + jogos Source para Mac a lançar a sua plataforma para Linux (http://www.linuxjournal.com/content/its-official-steam-coming-linux), diria que as coisas poderão estar a mudar. Mas pronto só o tempo dirá ;)

          Abraço

  25. Eu sinceramente acho que o futuro não se situa no Flash mas sim no HTML5.

    • “Ian Hickson, editor of the HTML5 specification, expects the specification to reach the Candidate Recommendation stage during 2012.The criteria for the specification becoming a W3C Recommendation is “two 100% complete and fully interoperable implementations”.In an interview with TechRepublic, Hickson guessed that this would occur in the year 2022 or later. However, many parts of the specification are stable and may be implemented in products:” via Wikipedia

      Portanto, Candidate Recommendation em 2012 e 100% de implementação só daqui a 12 anos?!

      Eu também estou muito entusiasmado com o html 5, mas qual a vantagem de desenvolver já algo em html 5 se muitos ainda utilizam browsers que não o suportam?

      • Se considerares que um importante mercado (os smartphones) irá suportar quase a 100% acho que isso responde bem à tua pergunta – é essa uma das razões principais para a Apple não apoiar o Flash, deste modo existe incentivo para mudar as coisas para o Html5 e ao mesmo tempo para construir as coisas adaptadas para os telemoveis.
        Se tb considerares que até ao final do ano todos os browsers novos suportarão grande parte das especificações do HTML5, aí está uma perspectiva que permite acreditar no HTML5.
        De resto, o que ele aponta para 2022 é simplesmente a situação de compatibilidade total de implementações (por exemplo entre o Firefox e o Chrome)! A implementação a 100% das especificações ocorrerá em 2012 ou antes mesmo.

        • Sim, mas o problema é a imensa fatia de gente que utiliza ainda o Internet Explorer 6, ou o 7. Ou até mesmo uma versão do Firefox que ainda não suporta HTML5.

          Em muitas empresas e faculdades é assim…

          Eu já decidi que não vou dar suporte ao internet explorer 6 no meu portefólio online. Não vou estar a perder tempo com hacks para o site funcionar naquela bosta de browser, quando as pessoas que me interessam cativar, ou utilizam computadores Macintosh, ou então têm os browsers sempre actualizados.

        • @Joao Dias

          Até acrescento isto, do já bom percurso que tenho nessa area.

          O que faz as pessoas actualizaram os browsers é mesmo chegarem a um site e aparecer a mensagem:

          “Esta página requer o Browser versão X ou superior.”

          Só esta medida faz muita gente acordar para a vida e actualizar os browsers. Não podemos estar presos ao passado. Temos é que cativar as pessoas a um update, é um dos grandes deveres dos webdesigners, até porque ao suportar coisas antigas só estamos a prejudicar o nosso trabalho e a qualidade do mesmo, porque não podemos usar efeito “X” porque browser “Y” não suporta… etc..etc..

        • Faço minhas as palavras do aFriend. A partir do momento que já todos os browsers novos suportarem HTML5 e com tantos sites a requererem esses browsers muita gente faz o upgrade!
          É tb muito provável que quem não o faça será maioritariamente empresas… mas se calhar são casos em que à partida tb já não aproveitam o que a maior parte da Web oferece!
          Para não falar que há muitos sites que têm criado as suas páginas a apoiar o HTML5 e o flash de acordo com o equipamento… o que tem permitido minimizar a falta de penetração.
          Acreditem que a partir do momento que o HTML5 atingir os 25-30% de uso/penetração já não há volta atrás! E isso acredito que deva acontecer já no próximo ano – vai ser o Internet Explorer a desencadear isso, ironia das ironias.

        • @Ppietra

          É verdade, a ironia das ironias é que será mesmo o IE a desencadear isso.

          Para o povo internet é um icon azul com a letra “E” chamado “Explorador” :D

          E sem dúvida… a meio do próximo ano teremos o HTML5 muito forte e a primeira fase será na substituição de vídeos. O Flash irá continuar em alta, mas cada vez menos fará falta e como padrão morrerá. Terá uma função na web muito especifica e há projectos para correr o Flash via HTML5 sem plugins, para pequenas animações, tudo renderizado pelo browser, ao contrário de agora que o browser “renderiza” e entrepreta linguagens “X”;”Y”;”z” e o flash é o bastardo que está sempre metido num container… renderizado pelo plugin!

  26. Já tinha dito isto no Forum, mas vou tentar repetir aqui.

    O Flash não tem a minima hipotese para dispositivos móveis… a própria Adobe sabe disso, andou foi armada em “coitadinha” e a Apple é que é má.

    Mas vou explicar porque é que o Flash não tem hipotese. Se em computadores normais ele já tem certas lacunas, agora imaginem em dispositivos destes.

    É possível por o Flash a correr bem e fluido num Smartphone?

    Sim, sem dúvida que é possivel, a própria Adobe fazia demonstrações disso, mas pra isso acontecer os webdesigners têm que sacrificar muita qualidade e evitar ao máximo tarefas complexas, ou seja, tem que ser coisas em flash muito especificas mesmo e obviamente ninguém está para isso!

    A grande percentagem de bons sites em flash são feitos para desktop e não smartphones… assim como os videos! Streaming então nem se fala.

    O Flash não tem poder dinamico que se adaptar a vários dispositivos da mesma forma. Se eu fizer um site para tamanho “X” de um smartphone, com imagens bem comprimidas e sem exagerar nos efeitos de transição, e usar vectores o menos possível, o flash irá correr bem no smartphone.. mas depois quem visita esse mesmo site num desktop ou portátil fica a olhar para aquilo como se tivesse visto um bicho sem qualidade. Por isso é que muito pessoal diz que vê banners bem.. olha.. são banners! Onde está a complexidade disso?

    Jogos da tanga? Num touch?… esqueçam lá isso, precisamos tecnologia que consiga usufruir do multi-touch e acelerómetros para jogar decentemente um jogo baseado na web.

    E já nem vamos falar de questões de segurança e consumos excessivos de bateria. E mais… mesmo sites com muitos banners e alguns videos pelo meio, só o facto de se ter o plugin ligado a navegação nessa mesma página tem um decréscimo elevado de velocidade, podendo tornar-se altamente frustrante.

    PS. O teste que está aqui feito, existe outro também feito num Droid 2. Aos paranoicos do “Só se fala mal do Android”, aqui ninguém está a falar mal do Android mas sim do Flash. Se o Flash corresse nativamente no iOS iria ter igualmente destaque e iria dar igualmente que falar pelas mesmas razões. Mas como vêm, a vossa mente básica fez logo pensar: Estão a falar mal do Android. Por essa mesma mente básica é que a Apple fez o corte do Flash no iOS. Para depois não dizerem: o IPhone é uma porcaria porque nem consegue abrir páginas e tem velocidades frustrantes de navegação nas páginas web.

    Tudo isto, por culpa de um simples plugin.

  27. Não sei qual a razão de tanta admiração, o flash em linux sempre foi muito lento, sempre utilizou demasiados recursos e sempre teve tendência para crashar.

    Os utilizadores de linux sempre se queixaram disto, a Adobe sempre se esteve a borrifar para o linux e nunca ninguém se ralou com isso pois não usavam linux, agora compram um dispositivo móvel que tem por base linux e já berram que o flash é lento e utiliza demasiados recursos.

    Reclamem com a Adobe ou então façam o que sempre disseram aos outros, aguentem-se.

  28. Esta notícia é sobre a pobreza do Flash, metam isso na cabeça.

    – Será normal eu no Windows só conseguir navegar decentemente pela web usando extensões como o Flashblock?

    – Em Linux a situação ainda é mais gritante, mesmo com extensões a bloquearem o Flash, a reprodução selectiva de um só vídeo põe o CPU a 1000?

    O Flash para mim não faz falta a ninguém. Odeio sites em Flash, façam lá uns joguinhos, mas que não passe disso. O que tenho mais raiva é ir a um site qualquer e ele ser inteiramente em Flash! Credo!

    • Se há coisa que acho piada é essa do video.

      Vejamos o seguinte caso, em Desktop:

      – Youtube player Flash, filme 1080p (codec h264 como sabemos)
      – Filme .mkv, codec h264, 1080p também

      Ambos sem aceleraçao gráfica (DXVA, VDPAU, seja o que for).

      Segundo os meus testes o uso de CPU é aproximado.

      O mesmo teste, o filme usando aceleraçao gráfica e o flash 10.1 tenho apenas um ligeiro aumento no flash que num player nativo em windows.

      Não é culpar demais o flash pelo codec?

    • @luminoso

      Experimenta pesquisar então quantos processos são necessários o flash ler videos e quantos processos são necessários eles serem lidos nativamente.

      O Flash é camada atrás de camada. Usa muito mais processos para realizar precisamente a mesma tarefa.

      E isto para não falar que vários “containers” de Flash, num site HTML, tem um peso enorme, mesmo que estes não sejam videos.

      A lista de desvantágens do Flash em video é enorme mesmo.. como sabemos o flash é usado em vários tipos de conteúdo, mas em video esse padrão será o primeiro a morrer… isso aposto aqui com quem quiser.

      O Youtube só ainda não fez uma mudança radical porque eles ainda andam a arranjar forma de manter a publicidade embutida nos videos… é puro interesse de negocio. Agora vai ver o que o Vimeo tem feito… que não tem cá publicidades malucas… até dá gosto ver videos, longas horas… olhar para o CPU a níveis estáveis e a bateria nesses mesmos videos aguentar-me bem mais tempo (quer nos smartphones, quer em portáteis ou netbooks)

      • Não sabia que o Vimeo já tinha mudado radicalmente para html5…

      • @João Dias

        Eu pelo menos já defini o Vimeo para abrir tudo em HTML5, sem fases Beta nem nada.. está lá bem presente sem grandes truques.

        E antes disso foi ter o prazer de abrir um smartphone e abrir o vimeo sempre com qualidade através do HTML5. Coisa que só há pouco tempo é que o Youtube investiu para poder oferecer qualidade de videos nos smartphones sem a obrigação de ter que usar o Youtube Player.

        http://pplware.sapo.pt/informacao/youtube-webapp-em-html5/

      • Ok. Seja o que for dos layers muita culpa é atribuida ao H264 pelo mau desempenho.

        Teste caseiro.
        http://www.youtube.com/watch?v=_i2RCBa3l-g

        Firefox 3, flash 10.1

        Media Player Classic, Avatar_FULL_1080p_trailer.mp4, DXVA

        O flash tem o dobro da utilizacao. em vez de 2% de average de CPU tem 4%.

        Mas é isso significativo? É o flash assim tao pesado?
        Tenho as minhas duvidas…

        Resultados aqui:

        http://dl.dropbox.com/u/1174918/h264_flash_afriend.jpg

        • Mas como explicas o Flash correr naqueles sites mal e porcamente, e precisamente os mesmos videos, num smartphone, através do HTML5 consiga ler perfeitamente, sem arrastos até mesmo filmes em HD?

          É essa a flexibilidade que o HTML5 tem que o Flash não tem.

          E estas a mostar uma plataforma ALTAMENTE favorecida pela Adobe. Essa experiencia num Linux ou Mac é de cortar a respiração.

          Mas até acrescento, no meu dia a dia, no PC Desktop (Windows 7) noto bem mais fluido videos HD sem ser através do flash do que através do flash. 1080p então até doi, e digo-te que a minha gráfica do PC é boa.

          • DXVA é uma perola. É por isso que (Ainda) gosto mais do h264 do que por exemplo WebM ou WMV.

            Isto é uma situacao puramente de video em que, em windows e com graficas minimamente decentes, o flash gere o GPU praticamente tao bem quanto um video nativo.

            O problema de OSX/Linux é estarem um passo atrás no que toca a esta optimização do GPU.

            Quanto a processamento vectorial ja vi benchmarks em que o html5 ficava bem atras do flash. Espermos que o chrome7, firefox 4 e IE9 com a sua aceleracao 2D pelo GPU venha a fazer maravilhas.

            Pena pena, é a Adobe não saber cuidar do seu plugin. Que eles provam pelo windows e pelo 10.1 que tem potencialidades e deixarem todo o resto às cegas.

            E já estou mesmo a ver optimizarem o Flash para mobile utilizando todas as features de hardware primeiro que para linux/OSX…

    • Ana,

      Eu devo ser um abençoado!!!
      Concordo que o caminho é o HTML5 e o flash poderia ser mto melhor!

      No entanto caramba! Em pc nunca tive nenhuma experiência assim tão terrível que só consiga navegar com addons e tudo mais só para bloquear o flash! Eu nao tenho nada disso e não consigo sequer imaginar aquilo que descreves!

      Parece-me que de um dia para o outro toda a gente começou a queixar-se do flash e nao percebo pk!

      Nunca tive o CPU a 100 qto mais a 1000 por causa do flash!

      Ás vezes gostava de perceber porque se queixam tanto, porque eu não tenho tido razoes nenhumas de queixa…

  29. Lá vou eu lavar roupa suja xD

    Qd vi q o artigo era da Ana N. estranhei, dp de ver o nome do “a Friend®” ao barulho pensei “há, assim ok” sem nenhum tom pejorativo neste afirmação.

    Qt ao facto do Flash arrastar-se literalmente, digamos q o Tio Steve n anda a dormir e ele ja tinha feio referencia na D8 se n estou em erro q era uma questão de apostar nos cavalos certos, e ao que parece mais uma vez apostou bem.

    Contudo e apesar de já n ser nenhuma novidade o facto da performance do flash ser… fraca, acho q o q falta focar no video (q foge as mãos do pplware) é se o HTML5 é melhor ou não q o Flash. Isto é, n interessa de nada falar mal do Flash so por falar se n demonstrarem q o HTML5 consegue correr os mesmos videos com uma performance melhor.

    P.S.: Já sei bem das limitações do flash fase ao html5 em dispositivos moveis, mas estou a tentar ser o mais imparcial possível aqui.

    • Tens tanto o VIMEO como o Youtube para testar a qualidade e a enorme diferença…

      A própria Google se achasse que o Flash tinha vantagens e o HTML5 para video não, não tinha feito isto:

      http://www.youtube.com/watch?v=GGT8ZCTBoBA

      Dedicado especialmente para Smartphones. Nos Desktop ainda não mudaram muito porque:

      1) Estão à espera dos browsers todos prontos em HTML5
      2) Estudar formas de implementar a publicidade “embutida” nos videos, sua GRANDE fonte de negócio.

      As vantágens estão à vista de todos… nem é preciso muitos truques. Já as desvantágens do Flash só podemos mostrar em videos porque nem todos os Androids dão para correr este plugin, e dos que dão, é aquilo que se vê.

      Podiamos mostrar aqui o iOS a correr os videos Flash, caso ele suportasse nativamente.

      Não é nada contra a plataforma Android, mas sim contra a porcaria que a Adobe quer malhar em ferro frio. Espantam-se por ver o meu “nome” no artigo? Ainda bem, ficará para recordarem um dia que afinal alguém tinha razão à uns bons tempos atrás, quando era atacado a 100% e hoje em dia atacado a 10% por meninos com mania da perseguição. ;)

      • O meu espanto foi o tema do artigo (flash) estar a ser falado por a Ana (não q n pudesse acontecer) e não por ti, o que dp acabei por constatar q tinha um toque teu ^^

        N contexto a tua ideia do flash ate pq eu tb partilho da mm linha de raciocínio, contudo associo-te sp a este tipo de temas, quer queira quer não (isto n excluindo contudo que podes ter um trabalho por detrás do pplware mt mais vasto que apenas a mera publicação de artigos Flash/HTML5/Android/iOS)

        E sim, p felicidade de uns, e provavelmente p infelicidade de outros a meu ver o tempo ira te dar razão a ti e a mts outros q defendem o html5.

      • @Rui “ALL” Sousa

        Como sabes eu não escrevo para agradar o povo, limito-me a trazer artigos importantes que mostrem a verdade apenas.

        Há muitos mais artigos que fogem da realidade deste mas passam despercebidos porque desde que eu não fale bem da Apple, o povo agradece.. sabes bem que é assim.

        Se o pplware fala da Apple é tendencioso, se falar 100 vezes da Microsoft ou Android é o maior. O “fanboyismo” está na mente dessa gente e o HTML5 é um sapo que para muita gente está a ser díficil de engulir. Mas aqui neste caso, o mérito do artigo vai todo para a Ana, eu apenas comentei no forum, ela é que fez todo o trabalho por ela mesma e os parabéns pelo tempo dispendido são 100% para ela.

        Sem acrecentar mais, deixo apenas a citação perfeita que o “Lápiz Azul” usa no forum.

        “Qualquer verdade passa por três estágios: primeiro, é ridicularizada. Segundo, é violentamente combatida. Terceiro, é aceite como óbvia e evidente.” A.Schopenhauer ;)

        • Parabéns à Ana então :]

          • “Nesta data querida…” :P Obrigada.

            Mas achaste que o texto tinha um toque à lá “a Friend”? Ehehe, achei piada.

          • O titulo é que parecia à lá “a Friend” xD

            Qt ao texto, no fundo apenas exprime o sumo que o vídeo nos dá, não são feitas afirmações que o próprio vídeo não comprove, como tal, dificilmente pode ser colocado em causa.

            E sim, vou ter q concordar c o “a Friend” qd ele refere o facto de este tipo de temas é importante ser falado, não com o objectivo depreciativo mas sim p deixar os visitantes informados.

            P.S.: Artigos que tem o cuidado de deixar perguntas em aberto, promovendo a posterior troca de ideias entre os visitantes acho q é fundamental. Foi nice como leitor ver que este artigo não desprezou esse pequeno grande pormenor (p mim pelo menos).

  30. No meu Silverbelt com um processador com cerca de metade do Nexus One, a correr WM 6.5 , utilizo o Opera 10 e vejo do Youtube normalmente como se visse no computador normal, perfeitamente rápido a correr.

    não sei , talvez o android não esteja bem adaptado ao flash, ou o flash não esteja bem adaptado ao android, para WM funciona perfeitamente e em dispositivos de menor capacidade.

    • Tenho um smartphone, sem flash (o iPhone) e também vejo nele, perefeitamente, os vídeos do YouTube.
      Não é uma questão Android-flash ou WM-flash.

      • E agora a pergunta que responderá à questao do RUI “ALL” Sousa.

        Alguma vez viste videos, HD ou não… a arrastarem como se fosse slideshows, via HTML5/H.264? ;)

        Acompanhaste o Streaming da Apple, do evento, via iPhone… viste algum arrastou ou longa espera para receber imagem?

        Pormenores.. e mais pormenores… que só não vê quem não quer. Acham simplesmente que é uma GUERRA de plataformas e ainda não perceberam que é uma luta PELA QUALIDADE e não entre plataformas, até porque o Android irá e muito, beneficiar com o HTML5, e claro, os seus utilizadores. Mas nem isso vêem…que é a parte mais incrível.

        • Segui no iphone este ultimo evento.
          E fiquei impressionado:
          Pela qualidade de imagem e som;
          Nenhum arrastanso;
          Eram milhares de pessoas a seguir.
          E era em DIRECTO.

        • “HTML5/H.264?

          Acompanhaste o Streaming da Apple, do evento, via iPhone… viste algum arrastou ou longa espera para receber imagem?”

          Ora, como discutimos em cima é este o segredo (e FUD?) do Jobs face ao flash.

          O streeming que assististe fez uso das capacidades do A4 em descomprimir o h264 como manteiga.

          Se o Flash fizesse utilização dessas mesmas features (como lhe é devido ou dever) a experiencia seria igualmente agradavel.

          É preciso nao confundir o conceito de h264 com ou sem acelearação gráfica ao real peso do flash num dispositivo

      • Também vejo youtube perfeito no Android, já que tem player dedicado. Não tem a ver com youtube, tem a ver com Flash no geral.

        btw, vi um tutorial para o flash lite no android que parece estar bom… ainda vou testar. Se me impressionar (para bem ou para mal) ainda dou notícias.

  31. - OFFTOPIC –

    O.o Eu sou o primeiro a apoiar a ideia de, se as outras fazem melhor, acho mt bem q sigam por ai, mas a Samsung parece já estar a esticar um bocadinho :\

    Samsung’s Self-Proclaimed “Notebook Masterpiece” Seems More Like “MacBook Clone”

    Fonte: gizmodo

  32. Tenho um Desire, tem o mesmo processador que o Nexus e com o 2.2 a correr é muito mais rápido e a net em que acedo é de 8mb, agora já sei que cada um acredita no que quer. O Nexus que mostra ai nem com um ROM oficial está, deveria ter vergonha de fazer o vídeo e meter-lo na net se nem com a ROM oficial está a correr, e pode ter uma com o processador limitado….

    Outra coisa, o pessoal que anda ai a falar do youtube, no android até em HD consigo ver os vídeos, basta abrir o player k vem com a ROM de default, e perfeitamente fluido!!!

    Mas como já disse, cada um acredita no que quer e no que lhe dá + jeito…

    Para finalizar, não percebo muito bem quem anda para ai a dizer que o flash só vai limitar o android, quem não gostar do flash basta desinstalar e não se preocupa mais com isso!

    Quem tem android tem a escolha os outros não!!

    • “Quem tem android tem a escolha os outros não!!”

      ora, este é o ponto de vista que defendo. Se é a decadencia (ou não) do flash, deixei-me participar gradualmente nela, sem ser obrigado ou de uma forma extrema.

  33. Era uma coisa destas que a Adobe queria meter no iOS???
    lolada enfim…

    Mais uma vez o steve jobs teve razao em não querer implementar o flash, por nao estar ainda optimizado para smartphones.

    Mas acredito que corra melhor conteudo em flash no 3gs (para nao falar no iphone4) do que em qualquer outro Smartphone actual. O iphone tem um GPU melhor que o Nexus One.

  34. É de facto MUITO DOLOROSO… :O
    Só o tempo de loading quase nos leva a desistir de ver o “vídeo” até que este carrega e logo nos arrependemos de todo o tempo que estivemos à espera.

    Sem dúvida alguma que o tio Jobs está correcto em relação ao flash! Se em PC’s e Mac’s se nota que o flash puxa muito pela máquina, quanto mais em plataformas móveis!

  35. Que vergonha!
    Até o meu Nokia 5800 XpressMusic reproduz vídeos em Flash com fluidez mais que aceitável!
    E o processador tem metade da performance deste!

    • A culpa não é do Android ;)

      Experimenta abrir os mesmos videos que ele abriu na demonstração.. concerteza que terás problemas…

      A não ser que uses daqueles browsers que comprimem tudo na cloud para sacrificar qualidade e adaptar ao dispositivo em questão. ;)

  36. António Nascimento

    Pode-vos parecer estranho, mas eu com o meu velhinho HTC Blue Angel (Qtek 9090) com windows mobile 6.5 e com o fantástico mobile browser “Skyfire” consigo por wireless ver streamings youtube, metacafe, etc mais com mais fps do que mostraram no video. E ainda por cima o wifi é a versão 802.11b (11Mbs).

    http://en.wikipedia.org/wiki/HTC_Blue_Angel

    http://www.skyfire.com/

    Tenho que ver um video de alguem q tenha usado skyfire no android. Estou curioso.

    • Mas Windows Mobile é outra qualidade ;) é coisa robusta.

    • Mas Skyfire a cantiga é outra. É tudo processado nos servidores deles e comprimido, não é “renderizado” em bruto no smartphone. ;)

      A qualidade que oferece não é de longe a mesma que um video a correr directamente em H.264. No Skyfire até os meus velhinhos “Symbian” lêem…já a qualidade… bem… deixo ao critério de quem quiser experimentar lado a lado, um via esse metodo e outro via metodo “HTML5″ :D

  37. O flash está implementado em larga escala na internet.
    Poder navegar na net de forma completa é algo que é possível com o Froyo.
    Se puxa demasiado pelo telefone, é só terem o flash desligado e quando chegarem a um site que realmente precisa de flash, activem-no.

    O flash só veio reforçar mais ainda um aspecto já positivo do android, flexibilidade.

  38. Ok, eu sei que não devia… mas este tópico é proprio para trollar um pouco…

    Ontem ri-me bastante… Tudo pq neste momento tenho, para além do iOS no meu iPhone, o Android OS 2.2 Froyo a correr. Há muitos HTC saidos há um mês que nunca o vão ver.

    E pronto, agora calo-me :P

    PS: Continuo a preferir o iOS.

  39. A bandeira do Android 2.2 é o flash! lol

    Sempre achei que a bandeira era o open-source!

  40. O problema poderá não estar no Android nem no Flash player, mas sim nos websites que alojam os vídeos:

    http://newteevee.com/2010/09/02/is-flash-on-android-shockingly-bad-or-shockingly-great/

    • Em parte tens razão, no entanto, parece que as pessoas se esquecem que esse argumento por si só demonstra como o Flash nos Smartphones é limitado e não é possível ter tudo aquilo que se tem num computador! A ter que haver mudanças então que mudem para algo com melhor futuro!
      E é tudo um sistema, o flash tb está nos servidores dos websites, se eles são maus então a culpa tb se põe no software do Flash Media Server, que não foi pensado convenientemente para os smartphones!
      Por contrário, todo o h264 foi desenhado para poder servir a todos os níveis!

  41. O mais espectacular neste video, é estarmos em presença de um dos melhores terminais do momento…. agora imaginem como seria a velocidade num equipamento mais modesto…

  42. Nao sei se alguem ja disse isto acima,mas nao me parece que o flash seja a grande bandeira do froyo. Existem coisas muito mais importantes alem uma nova versao do so.

  43. Mais um post deste género…

    Aceitaria um artigo destes se fosse feita uma investigação a sério, e se a escrita do post não fosse tendencial. Penso que todos perceberem que quando o assunto é flash aqui no PPLWARE faz-se posts de opinião, não posts de qualidade e isentos que sempre caracterizaram o blog.

    Mas o pior não é o post em si, é vocês quererem evangelizar as vossas ideias à força. Tal como aconteceu nos comentários deste post e de outros, há uma necessidade vossa de vir dizer “Metam na cabeça que o flash é mau e bla´blá blá…” Ainda por cima, os que mais falam mal do flash são fanboys (ou fangirls) da Apple… tudo dito.

    Vejam a quota de mercado do flash, fala por si. Vejam a quantidade de emprego que a tecnologia provoca. E depois comparem com a Apple.

    Cumpts.

    • E lá vamos nos voltar aos fanboys e fangirls!

      Tem qq dispositivo da Apple ou fala bem da empresa, n é utilizador é logo rotulado de fanboy (já começa a cansar…)

      Bem mas agora falando a serio, há alguma afirmação no texto que roça meramente a mentira?

      E sim se o blog é tendencioso então esta a ir por um mau caminho, mas vamos lá ouvi essas afinações “tendenciosos” p ver o fundamento desse comentário sff.

  44. Luís Pedro Calçada

    Será que alguém já reparou na fluidez de um ficheiro flash a correr num Symbian(s60.v5)?

    Um ARM 434Mhz como um 5530 ou N97, com uns míseros 128Mb de Ram, corre flash como uma maravilha no WebKit que trás de origem…

    Um ARM a 1Ghz será que não chega? Não sei, mas se os fabricantes começarem a usar uma plataforma bem mais poderosa como a Tegra da Nvidia, era de valor.

    Na minha opinião, a plataforma flash no Android ainda está muito verde…mesmo muito…

    Admiro bastante o Steve Jobs, mas não acredito na previsão dele acerca do HTML5 ou qualquer outra framework baseada em JS.

    Acredito sim, no aumento de performance associado ao OpenCL / CUDA / ATi Stream…
    PDA’s ? Não sei, não estou a ver onde aumentar muito a performance sem Mhz’s… Há um ano e pouco que a evolução da performance do hardware estagnou… Alguém topou isso? Só continuo a ver a Nvidia a fazer melhor…

    Cá para mim é por isso que o pda demo para o windows 7 phone usa Tegra. O Zune, também da microsoft, usa Tegra.

    Já alguém viu benchs entre a geração anterior ao processamento gráfico e o actual?

    Para não falar que ficou bem mais rápido, a utilização do CPU baixou de forma abismal.
    Agora tem Garbage Collector, para não encher RAM e mais RAM e mais RAM de lixo… alguém já reparou nisto?

    O Steve Jobs para além de um génio é um professional de vendas. Fala dos seus produtos como se fossem novidade do mercado… vejam o FaceTime… lembra-me de ver o primeiro Siemens 3G a fazer o mesmo já lá vão quase 10 anos. Ele é um “Deus”, e o deus fala e o povo ouve e assimila.

    Quando o Steve Jobs morrer… a Apple vai afundar como nenhuma outra empresa afundou…

    Bem, para quem continua a falar assim e a achar que o Steve Jobs tem razão acerca do flash…acho que não…

    Concordo com o
    “Hip says:
    4 de Setembro de 2010 at 10:19 am “…
    Este tipo de posts… só servem para alimentarem ideias erradas na cabeça de pessoas ingénuas.

  45. Bias esta noticia e completamente falsa. Tenho o hd2 e o Android 2.2 e isto e lindo

  46. O problema não está no Flash, e sim no Android.
    Eles que não implementaram direito o novo recurso e agora estão ai à quebrar vossas cabeças.
    O Android errou com o Flash, e eles têm que corrigir isto. Se em outros aparelhos o Flash funciona bem, porque não funciona no Android?

    • Olá,

      Só te queria perguntar o seguinte, o teu PC é especial? Fazes muito uso dele em Flash?
      É que é assim, eu tento evitar ao máximo as páginas com Flash e não sou dos únicos e porque será? Ou o meu pc com Windows veio aldrabado e tem o Android, ou então a Adobe não fez correctamente o seu trabalho. É que não é a primeira, nem a segunda vez que tenho de mandar o browser abaixo e alguns casos extremos (nos pc’s mais antigos) desligar o pc à força. E tudo porque o Flash falha e deixa tudo empancado. Quando não empanca, simplesmente aparece um ecrã a assinalar que o Flash encontrou um erro e que tenho de o relatar à Adobe. Da minha parte a Adobe não se pode queixar, porque tenho sido útil, uma vez que envio os relatórios das falhas do Flash e isso tem como propósito ajudar os programadores a corrigir possíveis falhas.

      Não ponhas o Flash lá nas alturas, porque não o merece assim tanto. O Flash se quiser continuar na corrida tem de “emagrecer” e precisa de uma reformulação do próprio programa, mesmo no algoritmo usado.

      «Os Computadores não erram, apenas erram aqueles que os programam»
      Esta mesma máxima aplica-se a qualquer dispositivo electrónico, eles apenas executam o que lhes é mandado, ora se a Adobe não faz um programa que faça uso correcto das instruções, logo não será o SO o culpado, mas sim o programa que deveria indicar ao SO o que fazer naquela situação. Os SO actuais já possuem uma IA simples, mas não abuses.

      Cumprimentos!

  47. Não sei que testes fizeram.
    O flash no meu HTC Desire corre que é um mimo.

  48. Preço pixmania

    Iphone 4 16 Gb 905eur
    Galaxy 16 Gb 647 Eur

    Ambos desbloqueados sem candongas

    Tive o Iphone 4 para testes.. perdia vodafone em sintra, browsing, lento, captação de rede no geral, péssima, velocidade das apps, sem comentários.

    Comprei o Galaxy desbloqueado sem iva (ser empresário dá jeito), encosta iphones ao pequeno almoço. Velocidade de browsing (feature que lhe dou mais uso) impressionante ao pé do iphone.

    A questão do forum, flash, em bons termos, que se lixe o flash, dá para ver videos no yt(yt app) e outros formatos partir de upnp ou de sd sem problemas, bem como mandar videos para a serie 8000 via wireless em HD sem problemas.

    Flash virá a ser substituido dentro em breve na norma html5, o problema de adopção de html5 tem mais a ver com o codec normalizado para video (entre outras barreiras minimalistas)

    A adobe morrer por o flash ser substítuido?! lol, flash é uma app de borla e minimalista da adobe, eles são muito mais do que isso.

    Taras dos iphones é propaganda da treta, o 4 é mau, é visto geralmente como sendo mau em muitas reviews pelo mundo fora, ainda mais pelo que custa, comparativamente a android em 1Ghz.

    Flash.. bah

  49. Onde se lê
    “A questão do forum, flash, em bons termos, que se lixe o flash, dá para ver videos no yt(yt app) e outros formatos partir de upnp ou de sd sem problemas, bem como mandar videos para a serie 8000 via wireless em HD sem problemas.”

    Deve-se ler

    “A questão do forum, flash, em bons termos, que se lixe o flash, o Galaxy dá para ver videos no yt(yt app) e outros formatos partir de upnp ou de sd sem problemas, bem como mandar videos para a serie Samsung LED 8000 via wireless em HD sem problemas.”

  50. Francamente, não entendo a questão do alegado mau funcionamento do flash no Android 2.2 – devo ser muito burro.

    Tenho um Samsung Galaxy S, Android 2.2 (froyo), sem root e o flash funciona perfeitamente e é rápido.

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.