iPad 2 – O que vale o novo Tablet da Apple


Destaques PPLWARE

180 Respostas

  1. João Olival says:

    o meu está encomendado !!!

  2. AngeloB says:

    Engraçado… No iPhone, o formato ficou mais rectangular, no iPad foi precisamente o contrário. :)

  3. Carlos says:

    eu estou a gostar bastante mas parece-me que a câmara traseira não é HD…ainda não vi nenhuma foto no pc mas quando estamos a tirar a imagem não é nítida.
    e os bleed light que muita gente diz, a mim não me incomodo NADA.

    é uma excelente máquina e recomendo a quem puder comprar, vale a pena o preço.

    Tenho a versão 16GB 3G preto :)

    • Ppietra says:

      Segunda a Apple, a câmara filma a 720p! Já as fotos deve ser pouco mais que 1 megapixel.
      Para filmar tem até bastante qualidade segundo a análise de muitos, mas para fotos… longe disso!

    • Helder says:

      Ontem quando fui testar o ipad2 à fanc também me pareceu que a câmera traseira não é a mesma que a do iphone 4.

      • A câmara é a mesma que está presente no iPod touch 4G… Segundo rumores que correm por aí, tem uma resolução de 0.7MP.

        Ainda assim acho que o principal factor do iPad2 não é a câmara. Eu vejo-a como mais um extra que irei utilizar de longe-a-longe. Já à câmara frontal, essa sim terá mais utilização.

        • Tiago Dias says:

          Sim, a câmara do ipod Touch 4G é vergonhosa (a fotográfica).

          No entanto o iPod touch serve-me muito pouco para fotos, então num iPad, muito menos ainda serviria, logo não é crítico a baixa qualidade das fotos.

  4. Joao says:

    eu acho que quando laçaram o ipad 1 eles ja tinham o ipad 2 feito, e eles devem ter feito isso só pra mamar mais dinheiro as pessoas, porque muitas que tem o ipad 1 ja andam a pensar comprar o ipad 2! A primeira vez que vi o ipad 1 pareceu-me muito incompleto e nem sequer pensei em compra-lo, mas agora que saio o ipad 2 de certeza que vou compra-lo.

    • Vítor M. says:

      Depende do que achares incompleto. Eu tenho também o iPad 1 e não vi qualquer limitação no que preciso que ele faça. Claro que estas novas inovações, como a câmara frontal, faz falta no iPad 1, mas para tudo o resto o iPad 1 esteve sempre à altura.

      Claro que para aumentar o nível de produtividade é necessário mais poder de processamento… e é nisso que a Apple aposta.

    • Ppietra says:

      Um bocadinho complicado já terem o iPad2 feito. O processador ainda não existia, outros componentes tb não. Talvez não tenham incluído a câmara de propósito, mas isso está longe de ser fundamental.
      Provavelmente já estavam a desenhar esta versão quando a primeira saiu, mas a engenharia de produtos leva o seu tempo, e começar cedo é sempre importante, para poder levar vantagem sobre a concorrência. Viu-se isso agora, a Apple aproveitou a sua vantagem inicial para apanhar desprevenida a concorrência, quando esta ainda estava a começar. A Samsung foi a correr rever os seus produtos para este ano.

    • Tiago Dias says:

      @João

      Eu não consigo perceber esta do iPad 1 ser incompleto e de o 2 comprar de certeza.

      Onde era incompleto? O que lhe faltava? Qual aquela diferença monumental que faz com que o primeiro seja incompleto e o 2o não deixe duvidas na compra? É só por causa da câmara?

      É que neste momento, embora a versão 2 seja sem duvida excelente, e superior à 1ª versão, o iPad 1 não deixa de ser uma excelente opção a um preço mais apelativo.

      Eu se encontrar um iPad em 2ª mão, em bom estado e de confiança, a um bom preço, não penso 2 vezes!

    • Celso says:

      Penso que o Joao refere-se ao facto de muitos produtos da Apple saírem primeiro sem as coisas que hoje em dia são consideradas “básicas”.

      O iPhone por exemplo. Tinha muitas limitações na primeira versão: sem 3G, sem MMS, sem multitask, sem copy&past, etc coisas que os telemóveis na altura já tinham, até os mais baratos.

      Para mim é apenas uma estratégia para ganhar mais dinheiro. Muitos compraram o iPad 1 mas tem várias coisas que este não tem por isso muitos vão voltar a comprar (sempre a entrar dinheiro nos bolsos da apple).

      • João says:

        é exactamente isso que queria dizer!

      • Ppietra says:

        A única coisa que este tem a mais que o outro não tinha são as câmaras! E as câmaras estão longe de ser consideradas como básicas. São sem dúvida apelativas e estimulam por algumas das novas possibilidades, mas serão poucos aqueles que tirarão proveito.
        Se me disseres que que o primeiro não tinha câmaras para que este parecesse ainda melhor, ou para ganhar mais uns trocos na venda, aí concordo! Mas está longe de ser uma estratégia para pôr quem comprou o primeiro a comprar este. Nem dá para entender a necessidade de se preocupar com isso! A Apple já sabe que muitos irão eventualmente comprar um novo, no futuro… a Apple quer é vender a clientes novos e ser melhor que a concorrência!

  5. Sombrero says:

    A grande questão é: preto ou branco?

  6. RzR says:

    Estava agora a reparar.. Falta um link para partilhar no twitter. 😉

  7. Sara Caldeira says:

    Tenho a reserva feita, mal posso esperar!

  8. Sara Caldeira says:

    Só uma dúvida, os meus colegas disseram-me que o iPad não tinha flash, de que maneira é que isso me impossibilita de o utilizar?

    • RCS says:

      O único inconveniente é quando quiseres aceder a uma página que precise do flash para funcionar. É uma percentagem pequena.

      Mas se comprares um ipad podes ter a certeza que vais passar a ser das pessoas que acham que não faz falta nenhuma, por isso se a tua dúvida acerca da aquisição deste equipamento for só essa, não te preocupes.

      • Mantex says:

        Tanto quanto sei só mais de 75% dos sites com video usam flash, portanto é pouca coisa…

        • Ppietra says:

          Mais de 60% do video disponibilizado na internet existe em HTML5, e a percentagem vai crescendo. Muitos sites disponibilizam video em mais do que uma forma.
          Quer isto dizer que terás mais de 75% com flash, mais de 60% com HTML5, logo para muitas situações nem se notará a falta!

    • Vítor M. says:

      Confesso que o iPad não é propriamente uma máquina de fotografar… verás que o que tem é suficiente 😀

    • Ppietra says:

      Tudo depende daquilo que visitas na internet! Muitos dos videos já não precisam de flash, mas caso não possas viver sem alguns sites que necessitam de flash para o video, podes sempre recorrer a uma aplicação que te permita visualizar. Há várias soluções que permitem contornar essa ausência.

  9. Zé Perdigoto says:

    Só dinheiro neste pplware… ainda bem que não estamos em crise 😛

    Se fosse rico também compraria um bichinho destes.

    • Mário Carvalho says:

      “Nota: Queremos deixar um agradecimento à Promais por todo apoio prestado. Os equipamentos Apple são sempre difíceis de conseguir quando chegam ao mercado, mas com parceiros certos, torna-se mais fácil termos os equipamentos atempadamente.”

    • Vítor M. says:

      Depende do ponto de vista, por acaso não foi o pplware que pagou o iPad, fui eu, mas até deveria ser realmente.

      Tenho de reunir a administração para exigir estas ferramentas de trabalho pagas pelo site… bem visto 😉

      Mas fico contente por ver que há alguém que quer ser rico… eu também gostava de ser… mas enquanto não sou tenho de estar pronto para enfrentar todos os dias 14 horas de trabalho. 😉

      • Androida-mos says:

        Qué que fazes da vida Vitor???

        És pedreiro? :b

        • Toni Antonio says:

          Esta gente fala como se o dinheiro que custa 1 iPad dá para comprar 30 tablets com android! Custa um bocado a entender a ideia!!

          • Vítor M. says:

            Mas não percebeste que o Androida-mos é daqueles que está mortinho por comprar um? (faz ele bem) 😉

            Mas ele é apenas mais um exemplo. Vai fazer como todos nós, juntar uns trocos e na primeira oportunidade, quando os euros pedidos foram iguais aos euros reunidos… compra o iPad. Como todos nós fazemos. 😀

          • Paulo says:

            Dá para comprar 30 Tablets Android com o preço do iPAD2? Que boas notícias!! Onde?

        • Vítor M. says:

          Um informático de facto tem de partir muita pedra, principalmente pedra nalgumas cabeças como de alguns que conheço.

          Mas um pedreiro tem menos 90% do stress cerebral que um informático tem. E tu, trabalhas?

          Se trabalhas então é uma sorte… nos dias que correm…

  10. André says:

    “15% mais elegante”

    gostava de saber onde foram buscar esta percentagem!

  11. nomad90 says:

    Eu tenho o Ipad1 e chega depois só devo comprar quando sair o ipadas 5

    Abraço e continuação

    • lmx says:

      boas..
      eu so vou comprar quando sair a versão 254.

      cmps

      • Vítor M. says:

        Tem piada dizeres isso, soou-me “familiar”. 😀 há uns meses um amigo disse que não via utilidade num iPad e que não iria gastar 500 euros num… hoje no seu estabelecimento lá está o ipad e tudo passa pelo iPad.

        Instalou o LogMeIn Ignition e gere a sua pequena empresa com conhecimento do que lá se passa quer esteja lá quer esteja fora.

        Tem acesso ao seu servidor na empresa, tem acesso às câmaras de segurança, tem acesso ao seu mail, à sua conta bancária, à sua página pessoal, tem acesso a tudo a partir daquele pequeno ecrã…

        O iPad dele leva uma vida desgraçada, tem um aspecto de quem é usado sem mimos… mas lá continua a ser o centro, até já telefona pelo iPad, colocou o skype na empresa, num telefone com IP e é para lá que liga e que lhe ligam…

        E não queria… imagino se quisesse!!!

        • Tiago Dias says:

          Hehe aí está um grande exemplo, e como esse quantos não há por aí…

          Mas aqueles que me fazem rir a sério, são aqueles dos “pisa-papéis! Ui esses…

        • Manias says:

          A verdade é que o Ipad e bom sim senhor, mas acho que não é nada do outro mundo, porque o Ipad de origem, sem ligar a net não tem qualquer tipo de finalidade…. sem contar que os iPAd e um brinquedo demasiado fácil de roubar informações para andar com todos os dados atrás… preço justo comparado com a concorrência… mas menos util que o Android (isto na ótica de quem quer tirar todo o proveito do aparelho) Dentro dos Pads a apple ganha, ( custa dizer porque simplesmente odeio a MAC) mas quanto aos Iphones… são fracos, e só servem para 90% do pessoal ter mania, tenho Android e não hã nada que o meu telemóvel não faca que o iPhone faca melhor, e o truque é que o meu custou menos 200 euros.

          Li na sapo que tinham esgotado em Portugal…. mas vender 1000 unidades é assim tão bom num país inteiro? ou é mais uma técnica de marketing para dar o ar de exclusivo?

          Apple tem qualidade, mas os termos de garantia e de compra são simplesmente ridículos, só por esse facto é que nunca vou comprar um produto mac, vai haver sempre melhor do outro lado do mundo do Jobs

          • Ppietra says:

            “sem ligar a net não tem qualquer tipo de finalidade”
            Será que já viste as aplicações e o uso que é dado ao iPad por quem o usa no trabalho!? Há várias empresas que estão a integrar o iPad no seu dia a dia, como ferramenta importante.

            “menos util que o Android (isto na ótica de quem quer tirar todo o proveito do aparelho)”
            São as aplicações que levam a retirar todo o proveito do aparelho. Quanto tempo é que vai ser preciso esperar para encontrar no Android aplicações com a qualidade do iMovie e Garageband, e muitas outras!?

            “mas vender 1000 unidades”
            Se não há números oficiais não sei onde vais buscar isso, ainda para mais quando há quem compre online, ou faça reserva!

            “termos de garantia e de compra são simplesmente ridículos”
            A garantia de todos os produtos é 2 anos. Onde é que está o ridículo?

  12. Rui "ALL" Sousa says:

    Sinceramente esperava mais…

    Isto é, a diferença de peso/espessura/processador n coloco em causa, para mais, conseguir manter as 10h/30 dias acho q foi de mestre, mas… N sei ^^ estava na expectativa o retina display, eu sei q duplicar a resolução dos actuais 1024 iria ser puxadote para o processador e para a bateria mas lá esta eu com o iPad1, n vejo inovações suficientes que me façam justificar a compra do 2.

    Resumidamente em falta esta:
    – Retina Display (n tanto por a resolução mas por a melhor visão em inclinações mais acentuadas)
    – Back-camera = ao do iP4 e n do iP4G (gd fail aqui) 0.7Mpx lol
    – Sistema anti-dedada’s
    – 1Gb de ram n ficava mal nesta altura do campeonato

    P.S.: Se ter estes extras implicaria perder a diminuição de peso e espessura ganhos neste iPad2, ai talvez abdicasse dos extras que tanto falo ^^

    iPad 2′s Glass Is 27% Thinner, But Still Stronger Than Original iPad’s
    http://www.youtube.com/watch?v=r4vvQq7BpiE&feature=player_embedded

    • Vítor M. says:

      Excelente este teste, isto é, permite realmente perceber a resistencia destes materiais.

      Quanto às possíveis “faltas” neste iPad… a Apple não joga logo todos os trunfos… é que daqui a um ano tem de lançar outro 😉

      Depois há o equilibrio desejado, o compromisso com as baterias tem sido uma batalha da Apple.

    • RCS says:

      O Retina display para o ipad é uma utopia nesta altura. Só de imaginar o preço, vê-se logo que é uma impossibilidade.

      De resto acho que tens razão, sendo que para mim a falha mais importante é a RAM. Principalmente para quem pretende personalizar a UI.

      • Ppietra says:

        É pena a RAM, mas ainda não ouvi em lado nenhum sobre problemas que possam estar relacionados com a falta de RAM… Talvez no futuro isto venha a ser mais visível, à medida que surjam aplicações mais exigentes.

        • Designer Ruben says:

          Caro amigo falta de RAM para já não noto. Na minha opinião claro.
          Está tudo muito fluído.
          Eu penso que eles apostaram mais na velocidade da memória em si.

          • Ppietra says:

            Já experimentaste ver como é que se comporta a transitar entre várias aplicações abertas!?
            Talvez aí se note qualquer coisa, mas provavelmente transitório!

          • Designer Ruben says:

            Sim já.
            O Safari cheio de páginas abertas já não está sempre a carregar a pagina cada vez que mudas de página.

          • Designer Ruben says:

            Sim já.
            O Safari cheio de páginas abertas já não está sempre a carregar a pagina cada vez que mudas de página.

    • Rui "ALL" Sousa says:

      Um facto é verdade, as características que possui, ira deixar a concorrência mais 1 ano entretida, ate sair o 3 xD

      • Ppietra says:

        Creio que a concorrência não irá ficar parada! Muito provavelmente haverá uma nova geração ainda antes do fim do ano, e o Honeycomb ficará melhorzinho.
        Espero que a Apple este ano seja mais agressiva e tenha mais produtos na calha e um óptimo iOS 5, para continuar por cima. Este é um ano chave, não basta aparecer só com um bom produto!

        • Vítor M. says:

          Posso estar enganado, mas a concorrência está a apostar tudo no sistema operativo e está a desleixar a aparência e qualidade do hardware. Acho que o hardware atrai mais que o software. Obviamente não pode haver uma discrepância entre ambos e entendo que neste momento há.

          • Ppietra says:

            O que quero dizer é que neste momento a Apple tem vantagem em quase tudo e isso é invejável e importante para a reputação do produto! Quanto mais se prolongar a situação, maior efeito terá no futuro do mercado!
            Tendo em conta que deverão aparecer novos processadores até ao fim do ano, é de esperar que surjam novos modelos que apostem em melhor performance.
            De certeza que a Google irá melhorar o Honeycomb, embora continue com o mau interface, na minha opinião!
            Isso associado à variedade de produtos e preços poderá diluir a vantagem da Apple.
            É por isso que digo ser importante que a Apple apresente pelo menos mais um tablet ainda este ano. Isso mais o novo sistema permitiria manter a distância.

  13. TiagoJosef. says:

    Quem me dera ter um

  14. Jose says:

    A elegância é mensurável?

    • Vítor M. says:

      Tudo é mensurável… até a elegância. Mas o significado do meu trocadilho seria traduzir a expressão usada pela Apple: It’s 33 percent thinner and up to 15 percent lighter, so it feels even more comfortable in your hands 😉

  15. Designer Ruben says:

    Eu tenho um desde 6a e estou maravilhado…
    A única falha que consigo encontrar é a falta do flash.
    Mas aconselho vivamente a adquirirem um iPad2 se procuram um tablet.

    Obrigada pplware por tudo, sou vosso fan.
    Qualquer coisa digam…

    Cumprimentos…

    • Vítor M. says:

      Depois de o testares envia-nos a tua análise, para depois juntar à nossa. :)

      • Designer Ruben says:

        Está prometido Vitor M.
        Acabei de colocar o ios4.3.1
        Agora vou espreme-lo…

        É pena que estejam aqui pessoas a querer denegrir o ipad 2 e provavelmente porque não conseguem ter um, pois eu juntei durante meses para ele assim que soube que estava em “gestação” lol.
        E em relação aos preços, por favor investiguem antes de falar porque com características próximas a do ipad o preço é muito superior…

        Em relação ao Honeycomb… Se é bom? É… Mas se faz o mesmo ou melhor? Tenho muitas duvidas…
        Mas gostaria que houvessem cada vez mais SO’s para o desenvolvimento ser maior e para que a luta de preços beneficie o cliente “NÓS”. “aplica-se a tudo: Hardware e Software”

        Eu comprei o ipad porque acho que é a direcção do futuro, como estudante de Design e Multimédia…
        Quem sabe se dentro de em breve eu coloco aqui uma app feita por min…

        Cumprimentos a todos os que seguem o pplware. Ruben

  16. Poisadon says:

    Estou a pensar comprar Ipad 2 e tenho pesquisado na net que existe planos especiais da Vodafone na UK, será que vão aplicar por cá alguma promoção com fidelização 12/24 meses com baixo custo na aquisição ???

    • Ivo Fernandes says:

      Em Portugal, o modelo de comercialização do iPad, passa apenas pelas lojas de retalho, não sendo os operadores móveis um canal de vendas (como acontece nos EUA e como acontece cá, com o iPhone).

  17. Joao says:

    Brutal este iPad, estou seriamente pensar em comprar. Por 480€ um tablet bonito e rápido. Principalmente para ver vídeos no YouTube e aceder à net em qualquer lugar via 3G.

  18. Rui "ALL" Sousa says:

    Uma coisa q me esqueci de referir, fiquei surpreendido com o delay de 2 semanas entre o lançamento na EUA e a Europa, realmente surpreendido, qd estava a acompanhar a keynote e vi o nome de Portugal lá no meio, i.e., tendo em consideração que o iPad1 demorou quase 1 ano para cá chegar, diga-mos que foi um passo de gigante a esse respeito ^^

    • Relvas says:

      É incrivel como toda a gente fala do tempo de chegada do iPad 1.. sem fazer ideia do porquê.. ele ter demorado…

      O iPad 1 só demorou esse tempo todo porque… quando saiu o ipad… o iOS nele ainda não estava disponivel em Português (so tava disponivel em alemao, frances, espanhol, e ingles).. assim sendo.. só passou a tar disponivel quando o iOS 4.0 foi lançado e por isso é que o iPad só foi lançado nessa altura!!!

      • Ivo Fernandes says:

        Não deve ser essa a única razão. Repara que o iPhone tem suporte para PT-PT, pelo menos desde a versão 3G e sempre existem grandes diferenças entre o inicio da comercialização nos EUA e em PT.

        • Relvas says:

          Compreendo esse ponto de vista.. mas no caso do iPhone este depende tbm do contrato com as operadoras… no caso do iPad não… este é desbloquado portanto., o unico problema presente.. foi o que eu enumerei!
          Cumps!

      • Rui "ALL" Sousa says:

        E vocês acham que o utilizador esta preocupado com o facto de n haver o iOS em PT? O utilizador no final de contas achas que a Apple falou por o espaço de tempo que houve.

        Mm q seja esse o motivo, tal diferença de tempo n deveria ter existido, eu que era um céptico qt a Apple, adquiri o meu iPhone e o meu iPad à uns meses e de facto n trocava por outro tlm/tablet mas tb há q reconhecer qd a Apple falha, e se o motivo foi a tradução, então falou no facto de ter demorado na tradução.

        • Ppietra says:

          É óbvio que não foi a tradução! O iOS já existe há muito em Português. A versão do iPad só precisaria de alguns ajustes.
          A justificação é muito mais natural. O produto esteve meses sem produção suficiente, e Portugal, bem como outros países, são mercados mais pequenos e periféricos que os restantes. Foi uma questão de prioridades, e em produtos novos é normal, pois é complicado advinhar quantos é que são precisos produzir.

          • Rui "ALL" Sousa says:

            Isso já considero uma explicação plausível. Agora n me venham dizer q foi da tradução xD

            Agora q somos um pais “secundário” no que toca a este tipo de situações, ai já acredito, e se alguns (paises) tem q ficar p trás por falta de unidades, nos estamos nessa lista for sure.

          • Ppietra says:

            É pôr a coisa desta maneira: Portugal foi agraciado ao mesmo tempo que a Dinamarca, Suécia, Noruega e mais uns quantos países!
            Por isso nem esteve assim tão mal na sua sorte. Aliás tem muita sorte no preço que é praticado, dados os impostos.

          • Relvas says:

            oh senhor que tem a mania que sabe..
            caso não saibas o ios presente no iPAD nunca teve na primiera versão em portugues independentemente de já existir ios em portugues para o iphone!
            capiche?? se tivesses um ipad comprado na altura em que saiu em españa sabias do que eu falava….

        • Ppietra says:

          @ Relvas
          Mas alguém disse que o iPad no início vinha em Português!?
          Eu disse:
          “A versão do iPad só precisaria de alguns ajustes”… disse só precisaria…
          de ajustes a partir do iOS que já existia em Português (no iPhone). Acho que o sentido da frase é bem óbvio, pretende evidenciar que uma grande parte do sistema já estava traduzida, e que o resto da tradução não necessitaria de 8 meses.
          Certamente que providenciar a tradução não era necessário nem desejado, enquanto o produto não fosse vendido em países com a língua. Desse modo tb conseguiram diminuir parte do mercado negro para esses países!

  19. Mixer says:

    Epah :S Tou com fome, já me tou a babar! … :S

  20. Paulo says:

    Infelizmente não creio estar em condições vir a comprar um Ipad em breve. Tenho de contentar-me com uma empad… a.

  21. Afonso says:

    Eu por acaso notei que estava só 32,5% mais fino que o anterior, deve ser defeito xD

    Bom artigo 😉

  22. Bruno Bettencourt says:

    Como todos os produtos da marca, cada novo lançamento adiciona-se novas caracteristicas.

    O mais importante de tudo é terem mantido o preço!

    Mas a primeira versão permance muito cara para a “evolução”.

  23. CS_Tbone says:

    Certamente uma boa ferramenta para a minha via profissional.
    E um bom “brinquedo” para as alturas de lazer.

  24. Bruno Bettencourt says:

    Nem mais Vitor. Visto que, o grande concorrente será a Samsung novamente, e, tendo em conta que a Blackberry e a Motorola falharam redondamente neste aspecto dos tablet (na minha opinião), existe um aspecto que normalmente as pessoas não se focam muito: o hardware.

    A construção e extremamente sólida, que apresenta uma grande resistência, e o aluminío/vidro não é barato!

    Bem, com os cerca de 100 euros a menos que custa a primeira versão irá dar oportunidade a quem não pode anteriormente, finalmente adquirir um, mas se fosse eu esperava mais uns dias pelas campanhas.

    Quanto a questão de fidelização, bem!!! No nosso país somos extremamente elucidados, na restante Europa existe um grande mercado neste aspecto. Em território luso, e por experiência própria não compensa, a não ser ni Iphone.

    • Kevin says:

      “Bem, com os cerca de 100 euros a menos que custa a primeira versão irá dar oportunidade a quem não pode anteriormente, finalmente adquirir um, mas se fosse eu esperava mais uns dias pelas campanhas.”
      Não me parece que compense o ipad1 por uma diferença de apenas 100€, nem me parece que seja por esses 100€ que quem não o comprou por questões monetárias o vá comprar agora, acho que neste produto depois de tomada uma decisão se se compra ou não, tanto se paga 400€ como 500€.
      Que tipo campanhas esperas?
      “Quanto a questão de fidelização, bem!!! No nosso país somos extremamente elucidados, na restante Europa existe um grande mercado neste aspecto. Em território luso, e por experiência própria não compensa, a não ser ni Iphone.”
      Tens toda a razão vejamos o caso do galaxy 7″, comprar “livre” 499.90€ com fidelização 479.90€, esta redução de preço como subsidiação é ridicula!

      • Bruno Bettencourt says:

        100 euros não é muito dinheiro mas para quem conta todos os euros faz diferença. Eu ontem passei numa loja cá da Região (Açores), e digamos que é a nossa apple store, e tinha o Ipad 1 de 16 a 325 com uma capa da artwizz.

        A apple por norma, em revendedores não recolhe os equipamentos, logo, estes baixam os preços, dai ter mencionado “campanha”.

  25. João Ramiro says:

    Boa review Vítor, tenho andado a estudar alguns tablets para dar o meu primeiro passo no mercado e o iPad 2 era o meu primeiro na lista depois de comprar o iPhone 3GS faz um ano e meio, rendi-me completamente ao iOS.

    Ao correr a “WWW” à procura de concorrência procurei uma marca que nunca me deixou mal, a ASUS, e encontrei algo bem interessante pelas características, o EeePad Transformer. Vou esperar um tempo para ver como se comporta o Android 3.0 e se possível testar mas fica aqui a sugestão a uma boa alternativa.

    • Vítor M. says:

      Recebemos há uns tempos o press release da Asus sobre vários equipamentos, temos já algumas ideias para testar alguns deles, pode ser que tenhamos mais tablets para testar, há uma grande procura por estes equipamentos.

      Quanto à review… foi mais uma preview, a review será mais especifica, mais pormenorizada e com aspectos mais práticos. Só a apresentarei daqui a uma semana para ter tempo para juntar algum material importante.

      Sugestão: se tens o iPhone 3GS não compres o iPad com 3G, não necessitas, usas do iPhone como Hotspot (nova funcionalidade do iOS 4.3) e compra o de 16GB. Verás que chega e sobra. :)

      • Kevin says:

        Boa sugestão! Ainda não tinha pensado nisso, vou já alterar a minha reserva para um só com WIFI.

      • Ivo Fernandes says:

        @ Vitor M.

        A tua sugestão faz todo o sentido mas, infelizmente, com planos de dados com limites de 500/600Mb, esta é uma ideia impraticável. Se tivessemos planos de dados ilimitados, aí sim.
        Ou existem planos de dados com limites superiores?

        • Kevin says:

          Se usares o opera quando utilizas o 3G e alguma gestão nos downloads que fazes e esse tráfego parecem-me que servirá á generalidade das pessoas.
          Os tarifários unlimited 30€ têm 1Gb+Wifi ilimitado por exemplo mas também acho caro os acessos á internet movel.

          • Bruno Bettencourt says:

            eu tenho esse tarifário pela vodafone. Por norma não utilizo mais que 400 megas mensais, mas isto depende de cada utilizador.

            No meu caso, é raro não ter wi-fi disponivel. Portanto não é fiável.

            Só a blackberry dispõe da chave para consumos baixos de tráfego.

  26. Miguel R says:

    Gostava de ter um? Gostava! Mas 600 euros por um brinquedinho da moda? Oh meus amigos o Ipad não faz nada que o vosso portátil já não faça e em principio até melhor. É um formato bonito e pratico em algumas situações? É sim senhor! Mas 600 euros por um brinquedinho da moda? Tá tudo tolo!!! Sempre que ouço a palavra “crise” só me apetece bater em alguém…

    • Rui says:

      Para muita gente 600€ faz pouca falta… E um brinquedo útil e pratico ate pode fazer muita :)

      • Miguel Ribeiro says:

        útil? yeah right… faz-se o que? ir a net e ao mail? news flash: O Android também o faz, e um custo bem mais reduzido 😀

        You sir, have failed

        • Tiago Dias says:

          Miguel Ribeiro,

          Sim falhaste, redondamente!

          E essa de “O Android também o faz, e um custo bem mais reduzido”… hehehe 😀 essa foi fantástica!

          Mas não vou estar aqui a enumerar as utilidades. Se tiveres interesse, facilmente encontras muito material, aqui mesmo no PPLWARE.

          O mesmo se aplica ao “custo bem mais reduzido” de tablets com android… 😀 😀

    • Vítor M. says:

      Miguel. compra o de 479 euros. Se esperares um pouco terás alguns mais baratos, com os descontos promocionais deverás comprar um por 450 euros e se tiveres um amigo que te facture isso, ainda consegues por pouco mais de 350 euros 😉 Barato verdade?

  27. João says:

    É nisto que a minha geração anda a gastar o seu dinheiro. Deixa-me tão triste… O que a Apple faz de melhor não são estes brinquedos, mas lavagens cerebrais. Fazer alguém querer uma destas coisas sobrevalorizadas é obra. Há uma legião de zombies a seguir a Apple, a comprar tudo que é portátil, ipod, iphone e ipad quanto sai. Vocês precisam mesmo deste brinquedo? E nem me venham falar em lazer, tenho a certeza absoluta que qualquer pessoa, rica ou pobre, tem muito entretenimento por onde escolher sem ter que ir na onda destas tretas. Enfim…

    • Goodfella says:

      Olá João!

      Acho que tens visão curta nas potencialidades do Ipad e dos tablets em geral. Daqui a uns tempos vais perceber que não é apenas um brinquedo mas sim uma ferramenta de trabalho e LAZER essencial.
      O Tablet é instrumento profissional e de Lazer do presente e do futuro, não só é incomparavelmente versátil face aos portáteis e PCs mas sim pela aderência de grandes empresas, sites (New york times, Expresso, etc).
      Não vale a pena explicar as coisas que se pode fazer com ele, pois é assunto bastante batido.

      De qualquer maneira, cada pessoa gasta o dinheiro onde quer de modo a satisfazer as suas necessidades.Se eu podia de andar no carro de 1000€ e não num de 10000€, que faz mais ou menos a mesma coisa, podia mas se tenho dinheiro para comprar um que ande mais rápido, com GPS e mais moderno, compro.
      Se podia ver televisão num ecrã minúsculo, podia, mas como tenho dinheiro posso comprar um TV de 50 polegadas.

      Olha … È a vida

    • Tiago Dias says:

      A mim faz-me mais confusão ver nas notícias que a obra de arte XPTO foi comprada por X milhões de euros.

      Há uns dias estive numa casa com uma tapeçaria que valia entre 100 e 200 mil euros. Eu com esse dinheiro comprava imediatamente uma casa.

      Mas o dinheiro é dessas pessoas, fazem com ele o que quiserem. Se alguém pode dar 600 ou 700 € por um aparelho destes, porque não? Ainda por cima algo que tem uma utilidade inquestionável… Eu próprio quando puder pretendo adquirir um, mas até lá, vou-me aguentando. E do preço não me posso queixar, porque mais barato só se forem aqueles chinocas do eBay.

      Confusão a sério faz-me aqueles que recorrem a créditos para estas coisas. Esses sim podem ser considerados zombies e precisam seriamente de acompanhamento médico. São os mesmos que têm um BMW à porta da barraca.

      • Kevin says:

        Um pouco offtopic, mas uma vez um banqueiro disse-me que sempre que vai comprar algo e pode fazer credito sem juros que faz sempre isso, e eu prg porque, ao que ele me respondeu “mais vale ter o dinheiro no meu bolso que no deles e como não gasto mais nada…”.
        Acho que o problema não é fazer crédito, mas ter um endividamento excessivo num bem não essencial, estamos a falar do ipad mas poderia ser outra coisa qualquer.

        • Tiago Dias says:

          Os créditos a que me refiro são aqueles que as pessoas fazem mesmo por não terem o dinheiro no bolso.

          Isso sim, faz-me confusão, alguém querer um produto destes, e mesmo não tendo o dinheiro, compra com créditos + juros.

          • Joao Reis says:

            Ninguem faz um crédito por não ter dinheiro no bolso. Eles têm mas no próximo mês é que não, essas contas não fazem, nem ninguém faz por eles.
            Quem concede o crédito deveria explicar quanto vai pagar nos meses seguintes.
            As pessoas não têm formação para ter a liberdade em ter crédito.
            Falam que todos devem ter a mesma liberdade, mas na verdade essa máxima não devia ser assim. As pessoas têm de ser protegidas destas ilusões, e não venham cá com história que somos todos iguais, porque não somos. Temos sim as mesmas oportunidades, mas pedir um credito não vejo como oportunidade, vejo como um endividamento legal.

            Cumpts

    • Vítor M. says:

      João agora percebo o que querem dizer com geração à rasca, afinal querem dizer geração com cataratas oculares.

      Desculpa caríssimo mas é tão utópica a tua visão que explica tanta coisa que se passa neste país. A falta de evolução intelectual está bem presente no que consideras digno de uma geração promissora. Sem evolução, sem conhecimento não se cresce, não há evolução e com a evolução chega o desenvolvimento social, a actividade cultural que tanto necessitamos.

      Se te incomoda a paixão intrínseca da sociedade actual pelas novas tecnologias então o problema vem de trás, do tempo que inventaram o relógio. Estás fora do tempo, quem deveria estar a ler as tuas palavras era o Pedro Henlein, ou o Galileu Galilei ou mesmo o Abraham Louis Bréguet… tipos que fizeram saltar para a banalidade individual um gadget que tu condenas…

  28. Diogo Correia says:

    Eu acho, que quando o Bill Gates pensou num Tablet, pensou num computador com um ecrã tactil, sem teclado e com um SO apropiado; Não num smartphone de grandes dimensões, que nem dá para fazer chamadas.

    E é desta opinião que eu acredito, quando existir um tablet com todas as caracteristicas de um computador, um sistema operativo touch e claro duas cameras, eu vou comprar. Se isso não acontecer, estou a pensar comprar o iPad3 ou iPad2 Pro, que dizem estrear em Setembro.

    • Ivo Fernandes says:

      Podes sempre comprar um PC com touch screen, que deve ser isso que procuras.
      Um tablet, não é um PC e esta é uma ideia que as pessoas têm de clarificar nas suas cabeças de uma vez por todas. Quando o iPad 1 foi apresentado, o Steve Jobs disse claramente que se tratava de um dispositivo intermédio entre um smartphone e um PC (ou Mac, se quiseres). Trata-se de um segmento diferente!

  29. hm says:

    “Podemos encontrar estes equipamentos ao serviço em hospitais, no meio político, na área da restauração, na construção e em todos os locais onde seja necessária a presença de informação e documentação.”, gosto especialmente do “na construção”, gosto de imaginar um trolha novo rico a usar um ipad 2 como talocha :)
    a ver vamos qual vai ser o rumor de pseudo-bug que vão inventar para este brinquedo novo.
    uma coisa não se pode negar, esteticamente está mais engraçado.

    • Vítor M. says:

      Um trolha, vulgo operário da construção.. não digo, mas os responsáveis pela obra, projectistas e outros intervenientes… usam. Por alguma razão foram desenvolvidas aplicações para essa área 😉

      • Tiago Dias says:

        Com o Autocad WS, por exemplo, a consultar planos, cortes, plantas, esquemas, etc, fazer medições, acrescentar coisas simples, pequenas correcções, tudo num aparelho de fácil transporte e ao mesmo tempo com um ecrã bom para estas consultas.

        E muitas outras possibilidades, abrir, consultar, editar, ficheiros excel, e mais um sem número de opções…

        Excelente mesmo!

  30. Ryan says:

    Este fim de semana e quase por acaso tive um “bocadao” a testar esta maquina. Sem exagerar muitos dos adjectivos ja utilizados para o iPad2 sao bem aplicados. Gostei imenso do que testei. O iPad a mais me parece um MacBook Air sem teclado. A minha opiniao acerca dos Tablets (deste e outros) nao mudou. Continuo a pensar que este e um dos gadgets desnecessarios. O preco e quase o de um portatil (pessoalmente nao gosto de produtos tacteis) e o uso que lhe daria iria ser nulo. Pese a minha analise o produto esta excelente. Mas o que gostaria mesmo era de ter um iPod Touch de ultima geracao. Mas falta-me a guita….

    • Tiago Dias says:

      Posso garantir-te que é uma excelente máquina, e então as dimensões, fantástico mesmo!

      Uso muito o iPod, e a única coisa de que sinto falta é poder ter nele internet em qualquer lado (3G).

      No entanto uso o iPod aliado a um nokia E71. É um telemóvel excelente, que me permite ter internet e email quando não tenho cobertura WiFi no iPod. Embora assim tenha que andar sempre com dois aparelhos, também posso deixar o iPod em casa quando não preciso dele (no entanto, por ser tão fino, está quase sempre no bolso, por vezes até me esqueço que o tenho lá! :P).

      Mesmo gostando muito do iPod Touch, o iPad ainda me seduz mais. Aquelas dimensões do ecrã permitiriam fazer ainda mais do que faço com o iPod.
      Enquanto não o puder comprar, e porque não me queria desfazer imediatamente do iPod no caso da compra do iPad (porque não cabe propriamente num bolso), aguardo. 😛

    • Vítor M. says:

      Que eu tenha conhecimento não. Estão há pouquíssimo tempo em Portugal, mas posso questionar alguns distribuidores sobre esse problema.

      • Re0 says:

        Digo isto porque já li pelos fóruns alguns users portugueses a queixarem-se deste problema.

        • Ppietra says:

          Existem vários casos, mas o mais engraçado é que a maioria das pessoas nunca notaria se não fossem à procura. Tanto é assim que acabaram por reparar que no primeiro iPad tb acontece!
          Haverá, no entanto, alguns casos em que o problema é mais sério que o aceitável.

          • Re0 says:

            Pelos vistos é um problema que também afectou o iphone 4. Não fazia ideia. Perguntei porque achei estranho este tipo de problemas numa marca que aposta (e publicita) bastante a qualidade do produto. É certo que qualquer marca está sujeita a isso, mas é surpreendente ver comentários na net de pessoal que troca os ipads com este problema e chegam a voltar para casa apenas para verificarem que o ipad novo está também defeituoso:

            http://www.google.pt/search?q=light+bleeding+ipad+2

            Um dúvida para quem tem o ipad 2. O ipad 2 já traz de origem display out (“mirroring”) do que está no ecrã ou, tal como no ipad 1, o sr. steve jobs limitou a possibilidade de projectarmos o que está no ecrã do ipad a certas apps?

          • Ppietra says:

            IPhone 4?
            Acho que estás a confundir coisas! Nesse apareciam umas manchas que desapareciam com o tempo.
            O “bleeding” acontece em muitos monitores, não só no iPad. Como muitos acabam por ir à procura do problema, muita gente acaba por ver o que acontece duma forma geral nos monitores, dai ter mencionado o que viram no primeiro iPad. Há no entanto alguns casos graves que não são aceitáveis.

  31. Sérgio says:

    Como é possível darem entre 480 e 800 euros por isto!?
    Realmente é um gadget interessante, divertido, etc, mas sejamos realistas: Não vale o preço.
    Tudo o que vem da Apple (é bom mas) vem exageradamente valorizado. Eles têm um marketing fenomenal, é “IN” comprar produtos deles, é um objecto de moda, e é impressionante ver todos a correr comprar como se não houvesse amanhã.

  32. VV says:

    Têm dinheiro para estes “brinquedozinhos” de 600 euros, mas depois são os primeiros a falar em crise…

    Só neste país.

    • Vítor M. says:

      O mal é apelidarem este dispositivo de “brinquedozinho”, denota falta de conhecimento sobre esta máquina e tudo o que está relacionado com ela. Assim, com falta de conhecimento sobre o assunto, qualquer outra consideração vale o que vale, mas a maior crise, deste país, não é a financeira ou económica, é cultural… pensa nisso!

      • Miguel R says:

        Amigo Vítor, caramba! Diga-me lá, se eu já tenho um portátil ou um desktop pq devo comprar um ipad? O que tem de tão exclusivo esta máquina? Para trabalhar??? Bem não me parece a melhor opção. Editar fotos, vídeos, escrever textos, ir à net (e ver sites com flash e tudo) e ao email, elaborar um projecto em cad, etc, etc. Mas o ipad faz algum deste trabalho melhor que um pc? Então é o quê? Uma máquina para trabalho? Se não é para trabalhar… será realmente um “brinquedinho” da moda?

        • Vítor M. says:

          Espera espera… estás a extrapolar tudo.

          Tudo o que tu disseste, tirando o flash é tudo possível no iPad… e se não fosse exequível não era criado e mais… conheço já muitas pessoas que não querem netbooks, apenas iPad.

          Diz-me, para que serve um netbook a alguém que usa o mail, vai à net, escreve uns documentos necessários para a sua actividade, lê o jornal, usa o skype, recebe relatórios internos em PDF, vê uns vídeos, ouve música, se quiser joga uns quantos jogos… tudo num dispositivo capaz, inovador, ao preço de um netbook, mais portável e sem rato e outros que tal… tudo pelo dedo.

          Achas que precisa de algum netbook? Pois não, apenas estão dentro destas características alguns 50 ou 60% dos utilizadores actuais.

          Agora adiciona a isto o poder de interacção com os muitos serviços cloud, a cada vez maior disponibilidade de acesso wireless à internet nas empresas, escolas, hotéis, zonas comerciais, restaurantes, cafés e até nas praias… imagina o potencial deste tablet para muitos cenários de trabalho e lazer.

          Não tardará e este dispositivo será utilizado nas escolas, a era do Magalhães já está no final e os tablets estarão mais ano menos ano com estrutura académica.

          Aponta isto 😉

    • Ppietra says:

      Lê este artigo e verás que nas mãos certas não é um brinquedo
      http://www.guardian.co.uk/technology/2011/mar/27/ipad-tablet-computer-users-rivals?
      Como este há muitos outros exemplos!

  33. a Friend® says:

    Normalmente os que se queixam da crise e o acham caro, são precisamente aqueles que o querem e não podem comprar…

    Mas caro?!… Vejo Samsungs e outros tablerts de longe piore que o iPad em tudo e mais caros, são descontinuados em menos de 1 ano… e ainda com grande moral dizem que a Apple é cara… está bem…

    Quanto a crise.. sim estamos em crise.. eu próprio gostava de ter mil e um produtos e não os posso ter, mas isso invalida que quem os possa ter não os compre? Por favor… deixem-se de moralismos!

    Esses “meninos” que falam da crise, se neste momento pudessem dar os 480 euros por ele, davam e queriam lá saber da crise dos “outros”… Só falta mesmo dizerem que preferiam pegar no dinheiro e ir a correr ajudar o sem abrigo mais próximo.. para aumentar ainda mais o moralismo…por favor…!?!..

    • atento says:

      compara os preços dos portáteis da apple com os da outra marca. e ainda dizes…. ainda com grande moral dizem que a Apple é cara… está bem…

    • atento says:

      e ainda dizes Mas caro?!… Vejo Samsungs e outros tablerts de longe piore que o iPad em tudo e mais caros, são descontinuados em menos de 1 ano

      então já experimentas-te esses tablet todos??? foste rápido

    • a Friend® says:

      @atento

      1.Os que estão disponíveis para venda sim, experimentei-os a todos e conheço quem os tenha e sentem-se arrependidos.

      2. Estás tão “atento” e vens falar de portáteis num artigo que fala de iPad’s? Mas pronto, podemos falar disso também. Os portáteis da Apple comparado com muitas marcas nem são caros. Vejo várias marcas, com imitações do Macbook, desde HP a Samsung, só porque fizeram “ultra finos” e “com construção em aluminio” já os vendem mais caros que a própria Apple vende os Macbooks, portanto.. nada a acrescentar.

    • Kevin says:

      O termo “caro” tem uma relação directa entre custo-> beneficio, ou seja o peso que atribuimos a cada elemento desta relação, daí que é muito subjectivo.
      Comparativamento com os produtos concorrentes o Ipad1 e Ipad2 para quem encontra beneficios num tablet se calhar encontramos a balança equilibrada e caro é o toshiba folia a 400€!
      Mas convenha-mos dizer que é uma marca premium e que comparar os specs entre um pc e um mac é quase impossivel não dizer que é “caro” :)

      • a Friend® says:

        Exacto. Mas o problema é que usam a definição “caro” para o que mais lhes convém.

        Se falar-mos apenas em Specs.. os Mac’s parecem caros.. e são… mas esquecem-se de tudo o resto em torno dele, como qualidade de construção, longevidade, qualidade da bateria, qualidade de imagem, tecnologias como magsafe, entre outras, que puxam a fasquia do preço dando-nos não só boas specs por dentro, como uma construção robusta e duradoura.

        A juntar claro, ao SO que é outra mais valia. Tudo isso junto vale o preço. Eu consigo facilmente arranjar Pc’s com specs iguais ou melhores mais baratos que um Mac.. mas toda a qualidade restante não é igual… aqueles “plasticos” … aquelas entradas do carregador gigantes… aquela perca de tinta ou escurecer das carcaças com o passar o tempo… baterias a morrer com menos de 2 anos…entre outros detalhes mais… já me deixei disso…digam o que disseram, a qualidade paga-se e aposto que quem tem sabe perfeitamente o que falo.

  34. ApacheDraco says:

    Digam o que disserem, mas na minha humilde opinião, as nossas crianças que andaram a receber Magalhães, ficavam melhor servidas com o Ipad, e com programas do estilo Penultimate. Mas tudo bem, os oftalmologistas e ortopedistas precisam de ganhar dinheiro.

    Cumprimentos,

  35. Luís Jorge says:

    iPad 2 esgotado em Portugal é revendido no Ebay mais caro. Crise? Qual crise? :)

  36. Serva says:

    Boas o que me parece sem qualquer dúvisa é que qualquer equipamento da Apple quando sai já está ultrapassado até pelas declarações da própria Apple que já planeiam o lamçamento do Ipad 3 em menos de 7 meses após o lançamento de um produto caríssimo como são os produtos da Apple .

    Penso que a Apple vai ter muito rápidamente de reformular a sua estratégia ou de facto existem diferenças substanciais entre o lançamento de um equipamento novo ou mesmo os Apple boys acabam por não comprar as novas versões ; aquilo que me ficou deste post é que niguém ou mesmo quase ninguém irá cpmprar um Ipad pela primeira vez , ou seja vão renovar o primeiro ?| … e porque porque é mais fino , porque é menos pesado , porque tem talvez mais capacidade de processamento esta sim é uma diferença , mas poucos falaram nisto , eu penso que este pessoal que compra Aplle desta forma não pensa em todos estes aspectos e que compra porque é fashion e tal ….. olha eu já tenho i Ipad 2 , sinceramente eu acho que não existem grandes diferenças entre o Ipad 1 e o 2 a não ser a capacidade de processamento , continuamos a detectar falhas imcompreensiveis para equipamentos deste preço , é verdade que os materiais são de qualidadade , mas a esta velocidade de lançamentos dem no primeiro semestre de 2012 arriscamo-nos a ter o Ipad 4 .

    A Apple tem agora que se preocupar mais com a concorrencia de OS e equipamentos também de muita qualidade no que concerne a construção e com mais funcionalidades .

    Fiquem bem

    • Tiago Dias says:

      @ Serva

      “…continuamos a detectar falhas imcompreensiveis para equipamentos deste preço…”

      Como por exemplo?

    • a Friend® says:

      A Apple tem que se preocupar com qual concorrência?

      É que eles ainda lutam para apanhar o iPad 1 e a Apple já vai no 2… quando eles conseguirem alcançar o 1, talvez a Apple já vá no 3… pelo andar da carroça! 😀

      Quanto à compra do iPAd 2 ninguém o vai comprar? Lol.. nos EUA está com stock quase esgotado e aqui em Portugal esgotou mesmo!

      http://www.ionline.pt/conteudo/113720-ipad-2-esgotado-em-portugal-500-houvesse-500-voavam

    • Relvas says:

      So quero te perguntar uma coisa… mas tu acredista em tudo o que lês? é que á coisas que são rumores.. tá?.. agora nao digas.. ah e tal… ” pelas declarações da própria Apple que já planeiam o lamçamento do Ipad 3 em menos de 7 meses após o lançamento de um produto caríssimo como são os produtos da Apple .”
      Porque eles nunca o disseram.. alias o que disseram foi.. 2011 will be the year of iPad 2

  37. Serva says:

    desculpem os erros , estou de luzes apagadas e acabei de acordar

    fiquem bem

  38. Serva says:

    Ops trabalho por turnos ok

  39. P@ul says:

    “Ipad 2 esgota em meia-hora” Crise, qual crise? haja i-pads para todos, é o que importa…enquanto uns andam com i-pads por puro divertimento, outros nem dinheiro têm para um pc básico para fazer os trabalhos da escola (que felizmente não é o meu caso pois tenho um bom ordenado fixo que me chega e sobra ) O que é facto é que cada vez somos mais consumistas, apesar da triste situação em que o nosso querido país se encontra…viva os i-pads e as bujigangas caras que passado um mês se vêm á venda no miau ou no e-bay!
    Tenho dito…

  40. John says:

    É tudo á grande, IPAD’s e tal, tudo á grande…

  41. zylor says:

    http://blogs.computerworld.com/17907/motorola_xoom_versus_the_ipad_2_the_xoom_is_a_clear_winner

    Nunca fui apologista da Apple, pessoalmente não gosto da empresa em si!

    Mas já tiver oportunidade de experimentar este “brinquedo” e a nível de tempo de resposta e a nível visual de qualidade de ecrã e cores, gostei do que vi, quanto ao resto em si como sou mais apologista dos sistemas open source e visto que adoro linux e tudo o que deriva do open source, escolho o xoom sem sombra para dúvidas e é o que vou comprar!
    O porquê de comprar um xoom e não um iPad 2 (tou SÓ a falar de Xoom vs iPad 2):
    1) Qualidade das câmaras que o Xoom tem! (iPad 2 com fotos de 1 mega pixel como as vi no PC^???????)
    2) Suporte para flash (Se tenho um tablet é para ter 100% compatibilidade com os sites actuais e não 60% e menos…)
    3) Placa gráfica Tecra da nVidia!

    Gostos são gostos e não se discutem portanto tou a dar a minha opinião e é só!

  42. akaked says:

    Still continue a toy! Until i don’t see an USB port, well….fuck iPad!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.