Mac OS X – Alterar programa predefinido na abertura de ficheiros

Esta dica acho que já a escrevi para todos os sistema operativos da Microsoft, se bem que procurei no site, entre mais de 16 mil artigos publicados, e não encontrei alguns, mas sei que já os escrevi. Na verdade é uma pequena alteração que podemos fazer para que o sistema operativo não abra os ficheiros com aqueles programas que ele definiu como sendo os principais. Temos muitas aplicações que entendemos serem melhores que as que o sistema operativo traz e é com essas que queremos abrir e reproduzir determinados conteúdos.

No Mac OS X, assim como nos outros sistemas operativos, é simples de alterar as aplicações predefinidas em determinadas extensões. Vamos então ver como o podemos fazer.

Leia a notícia completa »

Miro 4 – Será actualmente este o melhor player do mercado?

Em 2010, apresentamos o Miro 3.5 aqui e já na altura fiquei surpreendido com as excelentes funcionalidades disponibilizadas por esta aplicação. Para quem ainda não conhece, o Miro é um excelente player e conversor de áudio e vídeo que está disponível para Windows, Linux e MacOS. Vamos conhecer as novidades do Miro 4 (actualmente na versão 4.0.1).

miro_00

Leia a notícia completa »

Sparrow 1.2 – A melhor forma de consultar o email

Já seguimos o Sparrow desde as suas versões beta. Na altura, mostrava-se como um cliente de email com muito potencial, com uma interface interessante, mas com algumas limitações.

O que fez com que esta aplicação se destacasse foi a sua interface simples, ao estilo do Tweetie.

Hoje, o Sparrow está diferente, com muitas novas funcionalidades, incluindo integração com o Facebook, mantendo com a essência de sempre.

Leia a notícia completa »

Faça Screenshots remotamente ao seu Mac

Existem muitas aplicações que nos podem ajudar, de alguma forma, nas mais elementares questões de segurança. Já falámos há uns tempos atrás em aplicações que recorrem ao método de “espiar” a nossa máquina caso esta tenha sido furtada.

O princípio da aplicação que vos trago hoje é o mesmo. Fazer uma vigilância ou monitorização do nosso Mac caso este esteja a ser usado por menores ou esteja como posto de trabalho. É um serviço que pode ajudar a quem tem equipamentos onde seja necessária a sua atenção.

Poderá usar os iDevices para aceder remotamente a essa informação, podendo assim, em tempo real, ter imagens do ecrã do seu Mac.

 

Leia a notícia completa »

Mac – Esvazio o Lixo ou Esvazio o Lixo de Forma Segura?

Para mover alguns ficheiros, dos mais variados tipos, para a reciclagem ou para o lixo, o utilizador tem várias formas de o fazer, a mais simples é arrastar esses ficheiros para o ícone da reciclagem existente na doca do Mac OS X. Além desta função, o utilizador poderá seleccionar  o(s) ficheiros em causa, através do botão direito do rato ou tecla Ctrl+clique esquerdo e Mover para o Lixo.

Estes ficheiros e programas, sim, no Mac para desinstalar grande parte das aplicações, basta arrastar o ícone da aplicação para o lixo e esta será desinstalada, os ficheiros não “desaparecem” do disco. Embora sejam removidos dos seus locais nativos, continuarão a ocupar espaço em disco pois ainda não foram de todo assinalados pelo sistema operativo para que o local físico no disco rígido seja re-escrito e com isso fazer desaparecer o ficheiro que queremos apagar.

Ora, para darmos essa ordem temos de esvaziar o lixo. No Mac existe desde há muitas versões duas opções para essa acção: Esvaziar o Lixo e Esvaziar o Lixo de Forma Segura. Qual devo usar e qual é a diferença?

Leia a notícia completa »

Hype 1.0 – O poder do HTML5 ao seu dispor

O HTML5 está aí para durar, é a novidade do momento. Com os seus recursos multimédia e a eliminação de plug-ins de terceiros, é um forte concorrente ao Adobe Flash, Silverlight, …

A sua entrada no mercado está a ser feita de forma gradual à medida que os browsers adicionam o seu suporte.

Recentemente, apareceu na Mac App Store o Hype, um editor WYSIWYG (What You See Is What You Get) que promete criar animações em HTML 5 de forma fácil. Atenção, temos uma licença para oferecer!

Leia a notícia completa »

Saiba todos os atalhos que pode utilizar no Word do seu Mac

Utilizar o teclado poderá ser mais prático e mais rápido nas várias tarefas dentro dos muitos programas que usamos. Depois de nos habituamos, dificilmente voltamos ao rato para invocar qualquer acção. No Word também estes atalhos pelo teclado são importantes, provavelmente muitos dos nosso leitores já não conseguem trabalhar sem este recurso.

Recentemente um dos nossos leitores deixou uma dica muito interessante para sabermos todos os atalhos de teclado possíveis no Word. Vamos então mostrar como o fazer.

Leia a notícia completa »

Brisk 1.0.1 – Escrever equações nunca foi tão fácil

Para alguns a matemática é o seu pior inimigo e nem a pode ver perto, mas para a maior parte das pessoas ela pertence a grande parte do nosso dia.

A elaboração de documentos ou relatórios com fórmulas matemáticas pode ser uma tarefa árdua. Com alguns softwares de suítes de produtividade podemos encontrar pequenos editores de fórmulas matemáticas, mas será que é suficiente?

A tecnologia LaTeX é perfeita para a escrita de equações matemáticas mas para quem não sabe trabalhar nela, pode ser um problema. Com o Brisk, a história é outra.

Leia a notícia completa »

Sabe o Número de Série do seu Mac?

Um Mac é um objecto de desejo. Não só pelo seu desempenho, mas, acima de tudo, pelo seu preço. Hoje um computador convencional não é grande motivo de cobiça, mas um Mac ainda o é. Convém sabermos o número de série do nosso Mac para o que der e vier mais não seja para, em caso de reparação, sabermos informar o BI do nosso Mac.

É muito simples saber este dado. Nalguns Macbooks o número está colocado por cima da bateria, sensivelmente. Mas, em casos onde essa informação é removida ou ocultada podemos obter esta informação desta forma. Necessitamos por isso de recorrer ao próprio sistema operativo para termos acesso ao número de série do nosso Mac, através de dois possíveis e simples processos. Vamos então saber como.

Leia a notícia completa »

SideFolders – Um Menu Iniciar Lateral no seu Mac OS X

No Mac OS X tudo pode ser parametrizado de forma a conseguir um compromisso entre o que precisamos e o que o sistema pode oferecer. Existem muitas soluções nativas que não estão presentes num primeiro olhar, no entanto existem outras funcionalidade que poderiam ser mais abrangentes.

Falo por exemplo no Finder, embora seja uma “ferramenta” poderosa, contendo alguns funcionalidades robustas, falta flexibilidade. Podemos acrescentar uma aplicação que nos dê acesso às nossas pastas, dentro do Mac OS X, partindo de um menu colocado lateralmente. Essa aplicação é o SideFolders.

Leia a notícia completa »

Blotter 1.3 – O calendário como nunca o viu

O calendário é uma das melhores ferramentas que se pode ter para gerir o nosso dia-a-dia. Permite-nos lembrar os nossos compromissos e tarefas agendadas para determinado dia.

Mas, tal como é fácil esquecer um compromisso ou tarefa, muitas vezes nem olhamos para o calendário. Assim, ter os compromissos e tarefas apontadas no calendário de nada serve.

A solução passa por pôr o calendário mesmo à nossa frente. Como? O Blotter é a resposta ideal para este problema.

Leia a notícia completa »

Watts – Um Must Have para o seu Mac

Esta é uma aplicação que recorro com alguma frequência. Não é de uso semanal… ou mesmo mensal, mas periodicamente faz bem à bateria do meu MacBook Pro exercitar os iões. Assim, uma sugestão a cada nova versão é sempre uma boa e útil sugestão.

As baterias de iões de lítio acumulam uma maior densidade de potência do que as baterias baseadas em níquel. Essa maior disponibilidade de armazenamento proporciona uma maior autonomia da bateria num conjunto mais leve, uma vez que o lítio é o metal mais leve. Pode também recarregar uma bateria de iões de lítio sempre que for conveniente, sem ter de efectuar ciclos de carga ou descarga completos, como acontece com as baterias baseadas em níquel, de forma a conservar o máximo desempenho. Ao longo do tempo formam-se cristais nas baterias baseadas em níquel, que impedem que sejam totalmente carregadas, sendo necessário recorrer a uma inconveniente descarga total.

Um ciclo de carregamento significa utilizar toda a carga da bateria, mas não necessariamente de uma só vez. Cada vez que um ciclo de carregamento é completado, a capacidade da bateria é lentamente diminuída. No entanto as baterias de computadores portáteis e outros gadgets podem ser sujeitas a muitos ciclos de carga até que passem a suportar apenas 80% da capacidade original da bateria. Tal como acontece com outras baterias recarregáveis, pode eventualmente ter de substituir a sua bateria. O Watts é uma excelente ferramenta que guia passo a passo o utilizador por um processo importante: o de calibrar a bateria.


Leia a notícia completa »